Neymar acusou o zagueiro Álvaro González de racismo – (Foto: Divulgação/PSG)

 

O Paris Saint-Germain divulgou, no início da tarde de ontem (14), um comunicado dando total apoio a Neymar, que acusou o zagueiro Álvaro González de racismo durante a partida contra o Olympique de Marseille, anteontem (13), válida pela terceira rodada do Campeonato Francês.

Na nota, o clube francês afirma que “não há lugar para o racismo na sociedade, no futebol ou nas nossas vidas e apela a todos para que se manifestem contra todas as suas manifestações [de racismo] em todo mundo”.

 

O PSG também pediu ação da Comissão Disciplinar da Liga de Futebol Profissional (LFP) e se colocou à disposição para colaborar no andamento das investigações.

Neymar foi expulso na derrota para o Olympique, anteontem, por ter dado um tapa na cabeça do espanhol Álvaro González. Aos 37 minutos do primeiro tempo, o atacante já havia chamado o quarto árbitro reclamando do zagueiro, gritando “Racismo, não”.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here