ONa atual safra, Mato Grosso liderou novamente a produção de milho segunda safra no Brasil – (Foto: Arquivo)

 

A segunda maior produtividade do milho-safrinha da história de Mato Grosso foi atingida em 2019/20, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento.

De acordo com o último levantamento da autarquia, o Estado alcançou uma produtividade média de 6.290 quilos por hectare, apenas superada pelo recorde alcançado em 2018/19, que registrou uma média de 6.376 quilos por hectare.

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————

————————————————————————————

 

Segundo a Conab, “em diversos municípios, o resultado obtido supera as expectativas iniciais, impulsionado pelos investimentos do produtor em sementes de alta qualidade, melhores pacotes tecnológicos e da maior aplicação de produtos fitossanitários e fertilizantes”.

 

A companhia explica, no entanto, que os índices só não foram melhores porque alguns produtores arriscaram o plantio “fora da janela devido aos preços atrativos, bem como ao fato de haver ocorrido insuficiência de chuvas em determinados municípios”.

Na atual safra, Mato Grosso liderou novamente a produção de milho segunda safra no Brasil. No total, foram colhidas 34 milhões de toneladas do cereal, 9,7% a mais que na temporada anterior.

O Estado também destinou uma área de 5,4 milhões para a cultura, o que representa um acréscimo de 11,2% em relação 2018/2019.

Mato Grosso ainda teve um crescimento no plantio do milho primeira safra, segundo a Conab.O Estado destinou uma área de 41 mil hectares (+10,5% a mais que no ano anterior), alcançou uma produtividade de 8.399 quilos por hectare (crescimento de 19%) e produziu 345 mil toneladas do cereal (32% a mais).

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here