Com relação às suas características nutricionais, o milheto é superior ao milho e ao sorgo – (Foto: José Avelino Rodrigues)

 

Pesquisadores e chefes de centros de pesquisa da Embrapa participaram, nesta semana, da 43ª reunião ordinária da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Aves e Suínos, realizada de forma virtual, com representantes do setor produtivo.

A Embrapa apresentou os resultados de pesquisa para utilização de cereais de inverno e milheto na substituição do milho em rações para suínos e aves. Participaram da reunião Janice Zanella e Frederico Durães, chefes-gerais, respectivamente, da Embrapa Suínos e Aves e da Embrapa Milho e Sorgo.

A Embrapa Milho e Sorgo apresentou os resultados de pesquisa com o milheto, cereal versátil utilizado para formação de palhada em áreas de plantio direto, proteção do solo e reciclagem de nutrientes.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————————————————————————————————

 

 

De acordo com a UD, o milheto também é usado na alimentação humana na África e na Índia, e sua utilização na alimentação animal começa a crescer no Brasil.

Cícero Meneses, da Embrapa Milho e Sorgo, e Jorge Ludke, da Embrapa Suínos e Aves, apresentaram o potencial do uso de grãos de milheto na alimentação de suínos e aves. Um dos destaques foi o valor proteico superior ao do milho, além de maior quantidade de aminoácidos essenciais, como a lisina, fundamental para suínos.

“Com relação às suas características nutricionais, o milheto é superior ao milho e ao sorgo. É um produto que tem 30% mais proteína do que o milho”, explicou Meneses.

 

Segundo ele, com mais pesquisas científicas, o produto poderá se consolidar como um importante alimento na cadeia de rações.

“Sabemos que, quando a soja está com preço elevado, os produtores buscam o milheto para reduzir a quantidade de soja na ração. Podemos melhorar essa oferta”, disse o pesquisador.

 

Ele ressaltou que, para o frango de corte, o milheto substitui o milho em 60% na fase inicial e 70% na fase final. Para suínos, o uso pode variar entre 67% na fase inicial e 86% na fase final.

“É interessante notar que, no caso do frango de corte, pode-se dar o grão inteiro, resultando em uma economia muito interessante, pois não é necessário moagem e o grão pode ser armazenado na fazenda”.

 

O milheto é um cereal comum, porém ainda utilizado apenas na palhada. Seu ciclo é curto, variando de 75 a 120 dias, e já existem materiais no mercado de alta produtividade. A palhada do milheto é muito importante para a soja e o manejo de nematóides. Porém, de acordo com Meneses, existem carências de pesquisa, estudos de mercado e incentivos para a cadeia produtiva.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here