Em Rondonópolis, no momento, são 155.538 eleitores aptos ao voto – (Foto: Roberto Nunes/A TRIBUNA)

 

O município de Rondonópolis já ultrapassou a marca dos 155 mil eleitores aptos para o voto nas eleições municipais previstas para 15 de novembro.

A informação é do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que divulgou as estatísticas atualizadas de todo o eleitorado brasileiro. Em Rondonópolis, são 155.538 eleitores aptos ao voto. Com biometria 155.120 (99,73%), sem biometria 418 (0,27%).

Em Rondonópolis, eleitores com nome social aptos a votar são 15 e o quantitativo de eleitores com deficiência, 766. As mulheres correspondem ao maior grupo de eleitores, com 51,1%, e os homens, 47,9%.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————————————————————————————————

 

 

Nas eleições municipais de 2016, o total de eleitores aptos ao voto era de 145.044. A atualização dos números demonstra um crescimento estimado de 7,23% do eleitorado nos últimos quase quatro anos.

De todo o eleitorado, as estatísticas apontam que, com o Ensino Médio Completo são 40.237 (25,87%); Ensino Fundamental Incompleto, 30.615 (19,68%); Ensino Médio Incompleto, 26.141 (16,81%); Superior Completo, 22.312 (14,35%); Superior Incompleto, 13.439 (8,64); Ensino Fundamental Completo, 8.701 (5,59%); os que sabem apenas ler e escrever: 8.661 (5,57%); e os analfabetos 5.432 (3,49%).

Ainda conforme os dados do TSE, em Mato Grosso, são 2.317.102 eleitores aptos ao voto nestas eleições.

Do montante, 378.097 pessoas possuem domicílio eleitoral em Cuiabá, o que consagra como o município do estado onde pode ocorrer segundo turno em 29 de novembro, data das eleições de segundo turno em todo país.

Além de Cuiabá, os principais colégios eleitorais são Várzea Grande (160.409 eleitores) e Rondonópolis (155.538 eleitores). Em Mato Grosso está o município com o menor eleitorado do Brasil, Araguainha (468 Km de Cuiabá), com apenas 1.001 mil eleitores.

Novas datas

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, divulgou as novas datas e prazos para as eleições de 2020, em razão da aprovação da PEC 18/2020.

A medida serve de prevenção ao contágio do novo coronavírus entre os eleitores no dia da votação, antes marcada para outubro.

O Congresso Federal promulgou a Emenda Constitucional nº 107, que “adia, em razão da pandemia da Covid-19, as eleições municipais de outubro de 2020 e os prazos eleitorais respectivos”.

O primeiro turno acontecerá em 15 de novembro e o segundo turno será no dia 29 de novembro.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here