Medida tomada pelo Município pode resultar na pouca imunização dos animais domésticos de Rondonópolis – (Foot: Arquivo)

 

A Prefeitura de Rondonópolis informou que a equipe de médicos-veterinários e técnicos da Unidade de Vigilância em Zoonoses (UVZ) da cidade já iniciou a vacinação de cães e gatos contra a raiva.

Contudo, por conta da pandemia do novo coronavírus, os tutores terão que levar os animais até a UVZ, que fica no Globo Recreio, às margens da MT-130 na saída para Poxoréu, para receberem a vacina.

O anúncio logo gerou uma chuva de críticas da população, já que muitos não possuem condições de ir até o local. Muitos não possuem carro, outros não têm condições de pagar a corrida de táxi ou transporte individual (aplicativo).

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————————————————————————————————

 

 

Os que possuem motocicleta também não podem ir, pois, além de se colocarem em risco e ao seu animalzinho de estimação na rodovia, muitas vezes, a família tem mais de um animal, o que torna a situação ainda mais difícil. A população sequer foi informada se alguma linha de ônibus será disponibilizada.

Para se ter uma ideia da dificuldade, dos bairros Mathias Neves e Pedra 90, que estão ambos em partes extremas da cidade, são de 15 a 17 km até a Unidade de Zoonoses. Do bairro Verde Teto, na saída para Pedra Preta, são aproximadamente 20 km de distância até a UVZ.

O resultado da medida de apenas disponibilizar a vacinação em um local, e distante, para muitos será a pouca imunização dos animais domésticos de Rondonópolis. Outro fator que preocupa é que a UVZ só atende em horário comercial. A UVZ funciona de segunda a sexta-feira, no horário das 7 às 11 horas e das 13 às 17 horas.

Vale lembrar que a Prefeitura tem uma meta a seguir, estipulada pelo Ministério da Saúde, de vacinar ao menos 70% dos cães e gatos da cidade. O Município afirma que tomou a medida devido a pandemia do novo coronavírus, que impossibilita que a vacinação seja feita como nos anos anteriores, com atendimentos específicos nos bairros e nos finais de semana.

Contudo, as medidas de flexibilização na cidade estão por toda parte, existem aglomerações que o Município não consegue controlar e também não fiscaliza, e para muitos a justificativa dada não convence.

O atendimento diferenciado será somente para os responsáveis por Organização Não Governamentais (ONGs) de proteção de animais, e as pessoas que acolhem cães e gatos. Esses podem entrar em contato com a UVZ pelo telefone (66) 3411-5188 para agendar atendimento.

“Dessa forma a equipe do município vai se deslocar até o local para fazer a aplicação das vacinas”, informa a Prefeitura.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here