(Foto: Foto Arquivo)

Os cinco leitos que estavam em fase de instalação na Santa Casa de Misericórdia e Maternidade de Rondonópolis, para vítimas de Covid-19, têm previsão de entrar em funcionamento na próxima quarta-feira ou quinta-feira (12 ou 13/8).

A informação foi repassada ontem (6) pela empresária Tânia Balbinotti, integrante do Grupo de Mulheres em Prol Rondonópolis.

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————————————————————————————————

 

 

Ela explica que, com a entrega deste cinco leitos que estão em fase de instalação, a Santa Casa de Rondonópolis completará 20 leitos de UTIs para o enfrentamento da pandemia.

Conforme publicado pelo A TRIBUNA, inicialmente, o hospital se preparou para o enfrentamento da pandemia com 10 leitos de UTI exclusivos para Covid e credenciados pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Nessa etapa, parte das despesas de montagem foi bancada por empresários e outra parte pela Santa Casa.

Agora, nos outros 10 leitos, a montagem foi viabilizada com recursos do Governo Federal, destinados às Santas Casas, no valor de R$ 3,190 milhões. A manutenção dos leitos será feita pelos governos estadual e federal.

“Para montar estes leitos foram superadas várias dificuldades. A principal delas foi a contratação da equipe clínica para o atendimento nas UTIs, pois muitos profissionais médicos e enfermeiros não queriam atuar, pois alguns já haviam se contaminado com a Covid-19 e outros estavam com medo. Mas, após as garantias de medidas sanitárias e fornecimento de EPIs adequados, os profissionais se sentiram mais seguros em atender a demanda da Santa Casa”, explicou Tânia Balbinotti.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here