Vereador Orestes Miraglia: “Na Câmara, sempre mantive uma postura independente” – (Foto: Divulgação)

 

O vereador Orestes Miraglia (SD) se desliga oficialmente hoje (7) do comando do programa “Bom Dia Cidade”, transmitido pela 104 FM.

“Esse desligamento, no entanto, é temporário, em razão da legislação eleitoral, que não permite que pré-candidatos permaneçam no ar durante o período que antecede as eleições em três meses. Se quisesse, continuar no comando do programa até dia 11 de agosto eu poderia, mas por opção preferi me retirar antes do prazo.

Sempre conciliei o trabalho de jornalista com o mandato parlamentar, primando por uma postura independente, principalmente com relação ao Poder Executivo. Lembro dos preceitos do jornalista Armando Nogueira, que dizia que a imprensa deve criticar sem ofender e elogiar sem bajular.

Sempre que tivemos a oportunidade de cobrar, nós cobramos e, em muitas vezes, conseguimos resolver problemas”.

 

Ele lembra que foi um dos autores da emenda ao projeto que destina recursos da Covid-19 exclusivamente para a setor da saúde, onde ajudou a dar redação da emenda.

“O projeto original, sem a emenda, garantia os recursos para outros setores e para amortização de pagamento de dívidas do município. Se houver vetos do prefeito, vamos votar para derrubar o veto”.

 

O vereador ainda aproveitou o ensejo para lembrar das suas ações, onde sempre esteve em defesa dos direitos dos motoristas de aplicativo para atuem em Rondonópolis. Outros trabalhos citados foram o problema da cratera do bairro Nova Era, que foi resolvido; a questão do cruzamento da Rua Dom Pedro II com a Avenida dos Estudantes, onde cobrou celeridade nas obras por parte da Prefeitura e foi atendido.

“Na Câmara, sempre mantive uma postura independente, tanto na Comissão de Constituição e Justiça, onde dei pareceres para projetos importantes para a cidade.

Votei contra propostas que previa aumento dos valores da planta imobiliária de Rondonópolis que, no final, resultaria, no aumento dos valores do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU).

Quem acompanha as sessões pode ver que nossos votos sempre foram pensando no melhor para a população. Votamos a favor dos projetos bons para a cidade e contra a projetos onde a população poderia ser prejudicada”.

 

O vereador Orestes chegou a afastar do rádio, no dia 2 de julho, no entanto, após a mudança na data das eleições municipais que era para 4 de outubro, passar para 15 de novembro, o calendário eleitoral sofreu alterações, prorrogando o tempo permitido para se apresentar no rádio.

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here