Com decisão, quatro lojas e de todos os depósitos da rede Comapa poderão abrir as portas – (Foto: Arquivo)

 

Liminar concedida pela 1ª Vara Especializada da Fazenda Pública de Rondonópolis, em um mandado de segurança cível, conseguiu a reabertura de quatro lojas e de todos os depósitos da rede Comapa Materiais de Construção, que foi fechada pela Vigilância Sanitária de Rondonópolis nesta segunda-feira (6/4), conforme noticiado ontem pelo A TRIBUNA.

O fechamento seria pelo período de 14 dias e aconteceu em operação que contou com o apoio da Polícia Judiciária Civil. A Vigilância Sanitária de Rondonópolis havia fechado as sete lojas da rede, além dos depósitos, após a notificação de seis casos suspeitos de coronavírus entre funcionários da rede e parentes dos mesmos.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————
————————————————————————————

 

 

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o fechamento ocorreu até como uma forma de precaução para evitar o possível contágio de outras pessoas. A SMS afirmou que a medida era “estritamente necessária como precaução de não transmissão de Covid-19 a outros funcionários da empresa e à população”.

“…Afigura-se descomedido o fechamento de todas as unidades do grupo impetrante, pois, a não ser que os funcionários e familiares supostamente contaminados tenham frequentado mais de uma ou todas as unidades do grupo Comapa, apenas 6 unidades, no máximo, receberam pessoas possivelmente contaminadas”, escreveu o juiz Francisco Rogério Barros em um trecho da decisão.

Nesse contexto, o magistrado entendeu ser desarrazoada a medida do Município em atingir todas as unidades, concedendo, assim, parcialmente a liminar pleiteada. Contudo, as unidades a serem abertas devem tomar todas as medidas necessárias de prevenção ao coronavírus.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here