Do Oriente a nos infectar
Um vírus mutante apareceu
Nossos pulmões a contaminar
A humanidade por ele enlouqueceu

Majestade com sua coroa
Do reino de morte e destruição
Ao mundo atinge como uma garoa
Causando aos governos muita aflição

Economias a ruir
Vidas a perecer
Novos problemas a surgir

Uma causa pela qual lutar
Em quarentena devemos permanecer
Para sua disseminação acabar

(*) Dr. Enã Rezende é médico autista, poeta, escritor e contista em Rondonópolis.

 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here