Investimento será destinado à construção de quatro mil metros de pontes no estado de Mato Grosso – (Foto: Arquivo/Secom-MT)

 

O Governo do Estado obteve autorização da Assembleia Legislativa, em primeira votação, para contrair empréstimo junto à Caixa Econômica Federal (CEF), no valor de até R$ 550 milhões, para a construção de pontes e para a aquisição de equipamentos rodoviários, materiais e insumos destinados à execução de obras em Mato Grosso.

O Projeto de Lei nº 217/2020, que autoriza a contratação da operação, foi aprovado em primeira votação durante sessão extraordinária nesta segunda-feira (30/03). A segunda votação para aprovação definitiva do empréstimo será realizada ainda nesta semana.

De acordo com o projeto, o empréstimo será realizado na linha de crédito do programa de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa), com juros de até 5,7% ao ano e prazo de amortização de 96 meses, com carência de 24 meses.

O investimento será destinado à construção de 57 pontes de concreto em 50 municípios do Estado, além da aquisição de máquinas e equipamentos para a manutenção das rodovias não pavimentadas, bem como de bueiros metálicos, aduelas de concreto e 750 conjuntos de vigas e lajes. O conjunto de materiais e insumos atenderá a demanda dos municípios por obras de arte especiais, tanto nas rodovias estaduais, quanto em rodovias municipais.

As obras contemplarão todas as regiões de Mato Grosso, segundo o secretário de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, e serão importantes para a retomada do desenvolvimento do Estado, após o período de crise provocado pela pandemia do coronavírus, que vem se intensificando no país.

“São R$ 550 milhões injetados na economia via investimentos em infraestrutura, setor que gera milhares de empregos diretos e indiretos e movimenta o comércio e a indústria das regiões contempladas pelas obras”, disse.

Ainda segundo o secretário, a Assembleia Legislativa tem tido um papel fundamental na realização do planejamento das obras e na busca por soluções financeiras para viabilizar sua execução. “A parceria da Assembleia Legislativa e dos deputados estaduais tem feito a diferença na execução dos trabalhos da Sinfra. Com diálogo constante entre as partes, os deputados têm trazido as demandas da população à secretaria e, dentro do possível, com a determinação do governador Mauro Mendes, estamos levando obras para todos os cantos do Estado”, afirmou.

Durante a discussão do projeto na Assembleia Legislativa, o líder do governo, o deputado estadual Dilmar Dal’Bosco, explicou que a proposta foi planejada pelo Executivo para trazer solução às dificuldades dos municípios do interior do Estado.

O deputado Xuxu Dal Molin elogiou a iniciativa do Governo do Estado e destacou que o investimento em obras de infraestrutura assegura o desenvolvimento de todo Mato Grosso, uma vez que contribui para a melhoria da circulação de pessoas e produtos nas estradas do Estado.

Já o deputado estadual Doutor João foi enfático ao destacar a geração de emprego na realização das obras. “Acredito que vai gerar mais de 50 mil empregos diretos e vai resolver um problema crônico do Estado de Mato Grosso”, pontuou ele.

Também favorável ao empréstimo, o deputado estadual Valdir Barranco destacou a importância que as obras terão na vida de muitos trabalhadores, especialmente neste momento em que o país passa por uma insegurança econômica, em razão do coronavírus.

O projeto foi aprovado com 21 votos favoráveis e apenas uma abstenção, do deputado Ulysses Moraes.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here