Assim como ocorreu anteriormente, carreata deve percorrer ruas e avenidas da cidade nesta manhã – (Foto: Arquivo)

 

Motoristas que atuam em Rondonópolis por meio de aplicativos vão realizar, na manhã de hoje (21), uma manifestação contra uma nova tentativa do prefeito da cidade, José Carlos do Pátio (SD), de realizar a regulamentação municipal sem diálogo com a categoria.

A concentração, segundo informado pela Associação dos Motoristas via Aplicativo de Rondonópolis e Região (Amarr), acontece na região do antigo aeroporto, a partir das 7h30, sendo que uma carreata deve percorrer ruas e avenidas da cidade, chegando até a Praça Brasil, no Centro.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————
————————————————————————————

 

 

A intenção é chamar a atenção da população sobre os riscos da regularização do serviço de forma unilateral, o que pode encarecer as corridas, diminuir o número de veículos disponíveis e retirar a forma de sustento de várias famílias.

Após tentativas frustradas de tentar regulamentar esse tipo de transporte em desacordo com a Lei Federal, o prefeito Zé Carlos do Pátio (SD) enviou novamente para a Câmara Municipal de Vereadores um projeto que permite que o mesmo faça a regulamentação por meio de decreto.

Com isso, o gestor teria “carta branca” para definir como deve funcionar o serviço em Rondonópolis, inclusive decidindo o número de veículos que podem ser acionados pelo sistema.

O projeto, que chegou na Casa de Leis para aprovação dos vereadores na quarta-feira passada (12), foi retirado da pauta, mas ainda pode ser protocolado novamente para tramitação e votação. Os motoristas por aplicativo decidiram então protestar para cobrar que o prefeito receba a categoria e abra diálogo.

Atualmente, a estimativa é de que até 600 pessoas estejam trabalhando como motorista por aplicativo em Rondonópolis, sendo inclusive uma das principais alternativas para o desemprego.

 

2 COMENTÁRIOS

  1. Muitos pais de família tem utilizado dos aplicativos para o sustento de suas casas na medida em que vivemos um momento de grande desemprego e de discrepância entre a formação acadêmica dos jovens e a real necessidade do mercado de trabalho. É necessário compreender ainda que os aplicativos oferecem um benefício a população pois são mais acessíveis, ou seja, oferecem a possibilidade de deslocamento mais barato, mais seguro e confortável às famílias. Precisamos parar de legislar ou governar para atender a uma pequena parcela de pessoas interessadas (corporativismo), e nos colocarmos atentos para as reais necessidades de grande parte da população de nossa cidade.

  2. É sem duvida um lunático, ainda é daqueles que acham que o estado deve ser dono de tudo e de todos. qualquer cidadão tem o direito de escolher como onde e quando gastar o seu dinheiro e em qual serviço. Alias, ao contrario do que esse alucinado anda fazendo com o dinheiro do povo, que em meio as chuvas, manda fazer operação tapa buraco com as vias completamente alagadas, jogando material água abaixo, ou pelo ralo literalmente.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here