Cartório eleitoral da 10ª zona eleitoral é um dos locais que pode ser procurado pelos eleitores locais – (Foto: Roberto Nunes/A TRIBUNA

 

Os eleitores de Rondonópolis que estão com qualquer pendência junto à Justiça Eleitoral, se não comparecerem até hoje (21), das 8 às 18 horas, tanto no cartório eleitoral da 10ª zona, no centro da cidade, ou 46ª zona, na Vila Operária, não poderão votar na eleição suplementar para o Senado Federal, no dia 26 de abril. Além disso, sem estarem com alistamento eleitoral em dia, poderão perder vagas em concursos públicos, seletivos e outros.

Devem comparecer aos cartórios eleitorais, eleitores que não tenham votado nos últimos três turnos das eleições, ou que não tenham realizado a biometria. Para a regularização, é preciso apresentar os seguintes documentos: Eleitores que já votam em Rondonópolis, basta apresentarem documento oficial com foto como RG, CNH, Carteira de Classe, exemplo OAB e, se possível, o título de eleitor. Para os novos eleitores com idade mínima de 16 anos, devem apresentar certidão de nascimento, se possuir deve apresentar ainda o CPF e o RG.

Os eleitores de outro município que queiram transferir o domicílio eleitoral devem apresentar comprovante de residência em Rondonópolis há mais de três meses, ou seja, pode apresentar um comprovante em seu nome como conta de água, energia ou telefone referente a novembro do ano de 2019 ou mês anterior. Outras formas de comprovação de moradia no município também podem ser apresentadas, por exemplo comprovante de matrícula escolar.

Em Rondonópolis, quase 20 mil eleitores precisam regularizar seus títulos eleitorais para estarem aptos para votar na eleição suplementar para o Senado Federal, prevista para o dia 26 de abril. Segundo os dados, 19.514 pessoas precisam fazer o alistamento eleitoral, ou seja, a biometria, ou regularizar pendências. Deste montante em torno de 6 mil pessoas devem procurar a Justiça Eleitoral para regularizar o título eleitoral, devido a pendências como o cancelamento do documento porque deixou de votar por três eleições consecutivas.

Já, para a eleição municipal de 4 de outubro de 2020, o prazo para que o eleitor solicite regularização, transferência, revisão ou alistamento eleitoral é até o dia 6 de maio de 2020. Após esta data, o cadastro eleitoral será fechado, não sendo possível alterar dados no cadastro de eleitores antes das eleições municipais.

Para consultar a situação de seu título (se está regular, se os dados estão corretos, onde vota, entre outros dados), o eleitor pode consultar gratuitamente pela internet, no endereço http://www.tre-mt.jus.br ou procurar o cartório eleitoral da 10ª zona, que fica no centro da cidade, ou da 46ª zona, que fica na Vila Operária. O eleitor também consegue regularizar suas pendências no Ganha Tempo.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here