Convenção do Podemos será realizada no dia 12 de março para homologar candidatura do deputado federal José Medeiros e seus dois suplentes – (Foto: Arquivo)

 

O deputado federal José Medeiros (Podemos) é pré-candidato ao Senado Federal, e vai disputar a eleição suplementar em Mato Grosso que acontece no dia 26 de abril. Em nota publicada pela Executiva Nacional do partido, a presidente nacional do Podemos, deputada federal Renata Abreu, disse que a sigla “não vai medir esforços para eleger Medeiros”.

Com a pré-candidatura já confirmada, José Medeiros, que é presidente do Podemos em Mato Grosso, confirmou que haverá uma convenção do partido no próximo dia 12 de março, para homologar a candidatura dele e de seus dois suplentes. Por enquanto, o deputado federal não confirmou nome de nenhum possível suplente.

O parlamentar já foi senador entre 2014 e 2018, quando Pedro Taques (PSDB) deixou a cadeira para disputar – e vencer – o cargo de governador de Mato Grosso. Neste período, chegou a sofrer uma cassação por fraude na ata eleitoral de 2010, mas posteriormente acabou se elegendo deputado federal com mais de 80 mil votos.

A expectativa agora fica por um possível apoio à candidatura por parte do presidente Jair Bolsonaro, visto a proximidade do deputado com o presidente e por ser vice-líder do governo na Câmara Federal.

Em um café da manhã com a bancada da Frente Parlamentar da Agropecuária, na semana passada, Bolsonaro chamou o deputado de “futuro senador”, dando sinais de que o apoio deve acontecer. Recentemente, durante a inauguração da pavimentação da BR-163 entre os municípios de Sinop (MT) e Miritituba (PA), Medeiros foi o único político de Mato Grosso na comitiva oficial do presidente.

Vale lembrar que a eleição suplementar para o Senado ocorre em Mato Grosso no dia 26 de abril devido a cassação do mandato da juíza aposentada Selma Arruda, por caixa 2 e abuso de poder econômico. Medeiros e Selma fazem parte do mesmo partido.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here