Governador Mauro Mendes apresenta balanço da gestão para lideranças comunitárias – (Foto: Tchélo Figueiredo – SECOM/MT)

 

A habitação e a regularização fundiária são algumas das reivindicações apresentadas durante o encontro das lideranças comunitárias com o governador de Mato Grosso, Mauro Mendes, realizado na manhã de ontem (18/02), em Cuiabá. O evento, organizado pela Secretaria Adjunta de Assuntos Comunitários da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc), teve como objetivo estreitar o relacionamento do governo com os representantes de associações de moradores de bairros e demais instituições. Estiveram presentes mais de 400 entidades de vários municípios do Estado.

O secretário adjunto Édio Martins pontuou que a criação da pasta atende a um pedido da própria categoria para este governo. “O governo já sinalizou que respeita o movimento comunitário e quer estreitar ainda mais relação. A intenção é fazer com que as ações cheguem até a base e atendam, principalmente, as pessoas mais carentes”.

De acordo com ele, a Setasc, sob comando da secretária Rosamaria Carvalho, é um elo direto do governo com a sociedade. “Participamos, no ano passado, de diversas ações, apoiando também as demais secretarias adjuntas da Setasc. Nesse ano, através do projeto ‘Ser Comunitário’, iremos promover uma ação direta com os líderes comunitários, capacitando-os em gestão”.

O presidente da Federação Mato-grossense das Associações de Moradores de Bairros (Femab), Walter Arruda, destacou todos os esforços já realizado pelo governo para se aproximar das associações de moradores. “Esse é um momento ímpar em que as lideranças têm a oportunidade de falar das suas expectativas para com o governo nos próximos anos. Queremos ter nossas reivindicações inseridas no Plano de governo”, pontuou. Conforme ele, a habitação e a regularização fundiária, bem como a infraestrutura de ruas e pontes, são demandas recorrentes das comunidades.

Para o presidente da União Coxipoense da Associação dos Moradores de Bairros da Região Sul, José Mauricio Pereira, trabalhar em conjunto com o governo é essencial para que as ações de assistência, cidadania, saúde, educação e segurança cheguem naqueles que mais precisam. “Com a Secretaria Adjunta de Assuntos comunitários restituída temos espaço e voz para reivindicar também”, disse.

A presidente da União Cuiabana de Clube de Mães, Maria Orli, se considera assistente social ambulante e diz que o trabalho que executa nos bairros será facilitado com a ajuda do poder público. “É importante para os bairros carentes. Atendo 70 famílias do bairro Dr. Fábio que passam por muitas dificuldades”.

Durante a apresentação do balanço de sua gestão, o governador disse que vários municípios mato-grossenses receberão neste ano mais de seis mil títulos de regularização fundiária. Na infraestrutura, ressaltou que está organizando um programa para construção de pontes, que será feito em parceria com os municípios. “Estamos também preparando para lançar um grande programa de recuperação asfáltica”, disse.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here