Imagine uma cela
Cheia de leões ferozes
E bem no meio
Um amedrontado domador

Então, é assim que me sinto
Quando tento
Me controlar
No meio de uma crise

Só que nesse caso,
Além do domador,
Os leões também sou eu.

(*) Ellen Vieira é acadêmica de Agronomia e poeta em Rondonópolis.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here