O União volta a campo no próximo sábado contra o Sinop, a partir das 18 horas, no Luthero Lopes – (Foto: Divulgação)

 

Após empatar com o Luverdense, em partida realizada na casa do adversário, em Lucas do Rio Verde no último final de semana, o União já começou os treinos visando o próximo desafio, que será contra o Sinop, no próximo sábado (22), no Luthero Lopes. A expectativa da equipe rondonopolitana, segunda colocada no certame estadual, é conseguir um bom resultado jogando em casa e encostar de vez no líder Cuiabá.

Segundo o técnico do União, Júlio César Nunes, o jogo contra o Luverdense, como já era esperado, foi difícil, mas ele se diz contente com o desempenho de sua equipe em campo. “Nós sabíamos que o jogo seria difícil, até no estilo mata-mata, um jogo tenso, e foi isso que aconteceu. Nós vimos uma equipe do Luverdense muito motivada, até pela troca de treinador – é uma equipe diferente – teve seis alterações e foi um jogo bem complicado, onde eles jogaram como se estivessem entre a vida e a morte. Tanto que nós estivemos sempre atrás no placar, mas a nossa equipe mostrou poder de reação”, afirmou.

Na partida, o Luverdense marcou o primeiro gol aos 25 minutos do primeiro tempo, com Isac, mas o União empatou aos 35 com gol de Maranhão, em chute de fora da área, resultado que prevaleceu até o final do primeiro tempo. Isac marcou outro gol, dessa vez de cabeça e recolocou o Luverdense novamente na frente, mas o União conseguiu o empate novamente, com gol de Dinei, aos 45 minutos do tempo complementar.

“Isso demonstra que a equipe tem força para lutar até o final e que as trocas foram assertivas, pois o gol de empate foi marcado por um jogador que saiu do banco. Isso já tinha acontecido contra o Dom Bosco, com Andrézinho. Esse resultado é importante e nós valorizamos bastante, pois mantém a nossa invencibilidade com cinco jogos, quatro vitórias e um empate, sendo que, desses cinco jogos, quatro foram fora de casa, o que é bem complicado no início da competição”, continuou Júlio César.

Agora, ele espera uma evolução da equipe e uma consequente melhora no desempenho da mesma com o mando de jogo vindo para sua casa, o que se torna menos cansativo para os atletas, que não precisam ficar longas horas dentro de um ônibus para ir até a casa do adversário, além de poder contar com o apoio de sua imensa torcida.

O Mato-grossense dá uma parada por alguns dias, mas o União já joga no sábado contra o Sinop, para compensar o jogo adiado devido à participação da equipe na Copa do Brasil e, caso ganhe a partida, empatará na liderança com o Cuiabá. “Nós estamos fazendo a nossa competição, nosso foco é jogo a jogo. Não pensamos muito no Cuiabá, no adversário. Nosso jogo mais importante é sempre o próximo jogo, pontuar o máximo possível sem escolher o adversário ou algo assim”, continuou o treinador.

Para o próximo jogo, contra o Sinop, o único desfalque permanece sendo o meia João Manoel, que sequer viajou para Lucas do Rio Verde com o restante da equipe. O restante do elenco estará à disposição do treinador. Desde ontem, a equipe já treina nos dois turnos, o que será repetido até a sexta (21) pela manhã, para depois os jogadores se concentrarem para o jogo.

Classificação

O líder da tabela do estadual é o Cuiabá, com 16 pontos, três a mais que o União, que vem em segundo lugar, mas com um jogo a menos. O terceiro colocado é o Operário de Várzea Grande, com 11 pontos, seguido pelo Sinop, que aparece em quarto, com 9 pontos.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here