Aqui relataremos uma milanesa feita de carne de porco, mas praticamente tudo que dissermos se aplica também a frango, carne bovina ou peixes, que são os mais empanados por aí.

Preparando o empanado

Empanadinhos, prontos para a fritura.

Basicamente três itens são usados para empanar: farinha de trigo, ovo batido e farinha de rosca. Nesta ordem. Mas alguns requintes podem elevar o resultado final geometricamente.

Com a farinha de trigo não há nada a fazer.

Já o ovo pode ser temperado com sal e pimenta, sem exageros. Opcionalmente um pouco de leite (uma colher de sopa por ovo) pode ajudar no rendimento e na textura final. Bata os ovos com um garfo até ficar bem homogêneo.

A farinha de rosca, que vai ser a camada externa, esta sim, pode ser muito incrementada. Pode usar sem ser turbinada? Claro que sim. Mas se você levar a farinha de rosca para o liquidificador com folhas de salsinha (ou outras ervas de sua preferência) e um dentinho de alho, teremos uma cobertura que vai agregar muito sabor ao resultado final. A composição desta “farinha especial” pode variar com seu gosto e dar a sua personalidade à milanesa.

Uma opção para incrementar a farinha de rosca é simplesmente misturar ervas secas (orégano, manjericão, etc).

Há quem misture à farinha de rosca queijo parmesão ralado. Nenhuma objeção. Apenas a observação que isto pode ser adequado apenas a alguns cardápios e não para as milanesas em geral. Mas que fica bom, isto fica.

As quantidades? Uns seis bifes usamos 1 xícara de farinha de trigo, 3 ovos e 1 xícara de farinha de rosca.

Empanando

A carne temperada a gente passa primeiro na farinha de trigo. Use as mão para ter certeza de que cada milímetro será coberto pela farinha branca. Seja meticuloso, pois isto vai impactar em a casquinha ficar mais ou menos grudadinha na carne.

seguir a carne enfarinhada passa pelo ovo batido. Também cuida-se para ter certeza de que tudo será “molhado” pelo ovo. Faça isto com um garfo ou pinça, pegando a carne sempre pelas pontinhas para não abrir “buracos” no empanado”. Por fim deixe o ovo escorrer, já que os excessos causariam bolotas na casquinha que queremos lisa.

Por fim, passe na farinha de rosca. Mas uma vez não vacile em sujar as mãos e ajudar a cobertura a grudar no ovo. Pressione com a ponta dos dedos, suavemente, para que fique uma superfície parelha, quase lisa, se excessos de farinha.

Pulo do gato

Se você fez tudo até aqui vai ter uma boa milanesa. Mas se quiser ganhar mais pontos, passe mais uma vez no ovo, com os mesmos cuidados, e mais uma vez na farinha de rosca, com o mesmo capricho. Este “empanado duplo” vai resultar numa casquinha mais consistente, mais crocante e mais aderente à carne.

Pode até parecer exagero ou preciosismo, mas faz toda a diferença.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here