O Inter volta a campo em partida da Libertadores no próximo meio de semana – (Foto: Divulgação)

 

O Inter recebeu, na noite desta terça-feira (11/02), a Universidad de Chile, em confronto que finalizou a segunda fase preliminar da Libertadores. Iniciado às 18h15, o duelo, acompanhado por mais de 41 mil pessoas, foi encerrado com vitória do colorado pelo placar de 2 a 0, gols de Boschilia e Marcos Guilherme. Com o triunfo, o Colorado avança para a terceira fase preliminar do mais prestigiado torneio do continente, última antes dos grupos. O adversário nesta sairá do vencedor de embate entre Macará e Tolima.

O Internacional iniciou a partida em ritmo intenso, encurralando os chilenos em seu campo de defesa e não permitindo respiro algum aos visitantes. Por sua vez, a Universidad abusou da cera e das faltas, assim reduzindo a velocidade ao longo da segunda metade da etapa inicial. Atento e ofensivo, contudo, o Inter não se deixou levar pelo antijogo andino e, decidido a abrir o placar antes do intervalo, conseguiu, após pressão na saída de bola rival, recuperar a posse na intermediária com Boschilia e, dos pés do camisa 21, abrir o placar aos 42 minutos. Tento importantíssimo, único marcado no duelo no momento da descida das equipes para o vestiário.

Apesar da vantagem no placar, o Inter retornou a campo na etapa final disposto a ampliar a diferença no escore. Para tanto, reeditou, nos primeiros 10 minutos, o roteiro do primeiro tempo, criando grandes oportunidades em sequência. Dono da posse, o Colorado, com a entrada de Marcos Guilherme na vaga de D’Alessandro, permitiu-se ao luxo de explorar os espaços que o desesperado time chileno deixava em sua defesa. Exatamente de um destes, aos 30 minutos partiu o camisa 23, que, após deixar dois marcadores no chão, estufou as redes visitantes e garantiu o segundo e último tento alvirrubro no duelo.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here