Veículos seminovos que começaram a circular a partir da exigência do prefeito – (Foto: Divulgação)

 

O prefeito Zé Carlos do Pátio (SD) pediu incremento de mais dez ônibus na frota do transporte coletivo de Rondonópolis, para celebrar o contrato por mais seis meses para a empresa Cidade de Pedra continuar operando na cidade. Desde domingo (26), dez veículos seminovos, sendo três com ar-condicionado, estão circulando na cidade. Porém, os veículos climatizados não foram exigência do prefeito.

Conforme já foi publicado pelo A TRIBUNA, o novo acordo foi firmado com a empresa de transporte no dia 30 de dezembro de 2019, faltando apenas um dia para o vencimento do contrato anterior. “Neste novo contrato o prefeito pediu pelo menos dez ônibus mais novos na frota, uma vez que na frota da empresa havia ônibus ainda de 2004 circulando. Já que iria ficar por mais de seis meses, é justo que empresa ofereça um serviço de mais qualidade. Agora os veículos com ar-condicionado foram uma surpresa. No futuro queremos mais veículos climatizados, mas com o mesmo valor da passagem do veículo sem ar-condicionado”, disse o secretário de Transportes, Rodrigo Metello.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————

————————————————————————————

 

 

Atualmente, o futuro do transporte coletivo ainda está indefinido na cidade, após cinco licitações sem empresas interessadas na concessão do serviço. Atualmente a Prefeitura trabalha para a criação de uma autarquia semelhante ao Serviço de Saneamento Ambiental (Sanear), para assim municipalizar o transporte coletivo. No ano passado, a Câmara Municipal autorizou o prefeito a celebrar um empréstimo de R$ 10 milhões junto ao Banco do Brasil para a compra de ônibus.

Conforme foi repassado à reportagem, entre os três ônibus com ar-condicionado, um está fazendo linha para a região do Parque Universitário, outro para o Jardim Atlântico e outro na linha interbairros, que circula em várias regiões da cidade.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here