“Não passa pela minha cabeça, pois agora estou cuidando da minha vida”, afirmou Rogério Salles, negando a intenção de disputar a suplência na chapa com Nilson Leitão – (Foto: Arquivo)

 

O ex-prefeito Rogério Salles (PSDB) negou que tenha a intenção de disputar a vaga de suplente de senador na chapa encabeçada pelo seu companheiro de partido Nilson Leitão. A possibilidade foi aventada por parte da imprensa da capital, que também colocou o empresário do ramo hoteleiro Luís Carlos Nigro na segunda suplência de Leitão.

De acordo com Salles, ele tem se dedicado nos últimos tempos a cuidar de seus negócios e não chegou a ser consultado sobre a possibilidade. “O Nilson (Leitão) é candidato a senador, mas ninguém falou comigo (sobre compor sua chapa na suplência). Na política a gente não pode dizer sou ou não sou, mas não é meu projeto não. Não passa pela minha cabeça agora, pois eu agora estou cuidando da minha vida”, externou.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————

————————————————————————————

 

 

Mas ainda que negue a possibilidade de compor a chapa tucana, Rogério Salles defende a candidatura de seu companheiro de partido. “Para o estado é muito interessante a sua eleição. O Nilson é muito articulado em Brasília, defendeu muito os interesses do estado, como deputado, acabou se tornando presidente da Frente Parlamentar da Agricultura, apesar de não ser produtor (rural). Então, ele conseguiu um bom trânsito em Brasília e tem todas as condições de ser um excelente senador”, completou.

Com relação à viabilidade eleitoral da candidatura tucana, o ex-prefeito rondonopolitano lembra que em 2018 Nilson Leitão obteve 330.430 votos para o mesmo cargo que agora pretende disputar novamente, ficando em quinto lugar, atrás da ex-senadora cassada Selma Arruda (Pode), de Jayme Campos, Carlos Fávaro e de Adilton Sachetti. “Vai ser uma campanha muito curta e um nome que já tem uma projeção boa vai ter uma chance maior. Não sei quantos candidatos vão ter, mas o Nilson tem um bom recall da eleição passada e acho que ele tem chance sim, está no jogo”, completou.

A candidatura a senador de Nilson Leitão foi decidida pela Executiva do PSDB ainda no final do ano passado, que entendeu que pelo tamanho do partido e pela sua história no estado precisa ter uma candidatura própria para a vaga que surgiu com a cassação de Selma Arruda.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here