(Foto: Ilustrativo)

 

O Relatório de Avaliação de Vendas realizado pelo Instituto de Pesquisa Acir – IPA, apontou a satisfação dos comerciantes de Rondonópolis no período mais movimentado do ano, as vendas de Natal. A pesquisa foi feita após a data comemorativa e, assim como demonstrou a pesquisa realizada pelo IPA sobre a Expectativa de Vendas para esse período, o resultado foi atingido com sucesso.

Na pesquisa realizada sobre a Intenção de Compras dos Consumidores e a Expectativa de Vendas dos Comerciantes, os números mostraram que o período seria agitado pelo incentivo do 13º salário e pelas promoções que mais de 80% dos comerciantes afirmaram que iriam fazer.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————

————————————————————————————

 

 

Em todo o país, a aposta também foi alta. Segundo dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). A estimativa era arrecadar R$ 34,9 bilhões de reais na economia brasileira, o que seria um salto para driblar a crise financeira que se iniciou em 2014, mas que ainda hoje se reflete no hábito de consumo dos brasileiros.

Em Rondonópolis, mais de 70% dos comerciantes afirmaram estar satisfeitos com as vendas de final do ano. O Instituto de Pesquisa da Acir (IPA) também evidenciou que a estratégia mais usada para atrair clientes foi o preço baixo, o bom atendimento e a variedade de produtos.

Para 35,92% das empresas o valor médio das compras por cliente foi acima R$ 251,00 reais, onde 26,70% evidenciaram o valor de R$81,00 a R$150,00 reais, e 24,79% venderam presentes de até R$80,00.

Para o Presidente da Associação Comercial e Industrial de Rondonópolis (Acir), Ernando Cabral Machado, o comércio está começando a se recuperar da grande crise financeira de 2014 e a Acir, assim como outras instituições que representam o setor comercial, estão trabalhando juntas com os comerciantes para driblar essa crise que já se estende por tanto tempo.

“A pesquisa do IPA só confirma a guinada que o mercado deu nesse ano de 2019, mostrando que as políticas voltadas ao investimento e a geração de emprego são o caminho para que a economia se aqueça e as empresas contratem mais. O país gerou mais de 600 mil empregos em 2019, o melhor número de geração de emprego nos últimos 6 anos. E gerando mais empregos, se gera renda, e a renda aumenta o consumo e o Brasil mostra sua potência. Em Rondonópolis apesar da geração de emprego ter sido tímida e menor que algumas cidades vizinhas, mesmo assim não foge à regra no quesito renda x consumo”, finaliza Ernando.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here