Expectativa é que Lula fique em Mato Grosso durante uma semana, quando passará por cidades polos como Rondonópolis – (Foto: Ricardo Stuckert/Divulgação)

 

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) poderá passar por Rondonópolis durante o período de campanha para eleição suplementar para a vaga ao Senado Federal, cuja data será definida pelo Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso, em sessão que ocorrerá hoje (22). A informação foi repassada ontem pelo presidente do Diretório Municipal do PT, o advogado Wendel Girotto.

“O assunto está sendo definido entre as Executivas nacional e estadual do PT. Está sendo planejado que o ex-presidente virá a Mato Grosso fazer campanha para o candidato ao Senado do PT, ou outro que seja de esquerda, pois os nomes que vão disputar ainda não foram definidos. A previsão é que Lula fique em Mato Grosso durante uma semana, onde passará por cidades polos como Rondonópolis e cidades do norte do estado”, disse o petista.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————
————————————————————————————

 

 

De acordo com Wendel Girotto, na comitiva de Lula a Mato Grosso devem estar presentes a deputada federal Gleisi Hoffmann (PT) e ainda a ex-presidente Dilma Rousseff. “Os líderes nacionais do PT vêm a Mato Grosso fazer campanha para o candidato ao Senado que ainda será definido pela sigla ou outro partido de esquerda. Hoje, pela lógica, os nomes com potencial para concorrer a vaga são do deputado estadual Valdir Barranco e do deputado estadual Lúdio Cabral. Além deles, temos o nome de Carlos Abicalil”, revelou.

Além da presença dos líderes nacionais do PT na eleição suplementar para o Senado, o presidente Jair Bolsonaro tem declarado nas redes sociais que também virá a Mato Grosso para fazer campanha para o candidato do seu grupo político.

 

DEFINIÇÃO – Hoje (22) o Pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso realiza a primeira sessão deste ano que poderá definir uma das cinco possíveis datas autorizadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para a realização da eleição suplementar para o Senado, na vaga da senadora cassada Selma Arruda (Podemos). A data mais provável é para daqui quase 90 dias, ou seja, dia 26 de abril.

 

16 COMENTÁRIOS

  1. Gostaria de saber se algum grupo de mulheres, direitos humanos e outros tantos, vão protestar contra a visita desse patife, ladrão, assassino de crianças, idosos e pobres do Brasil. Vão nada! Os mesmos que protestam contra o goleiro Bruno, vão estar lá em baixo do palanque aplaudindo e idolatrando esse energúmeno.

  2. Fiquei perplexo de o jornal A Tribuna, tradicional jornal local, dar ênfase na primeira página do jornal a vinda de um ladrão condenado e com vários processos em andamento na justiça. É , os tempos mudaram para pior e o Brasil somente poderá ser passado à limpo se esses partidos de esquerda e comunistas sejam proibidos em nossa Pátria e seus líderes postos na cadeia.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here