Sede do Núcleo dos Conselhos não está recebendo a atenção devida, segundo conselheiros – (Foto: Fotos Denilson Paredes e Divulgação)

 

Conselheiros municipais abrigados no Núcleo dos Conselhos, que é um prédio mantido pelo poder público municipal, reclamam que o espaço está sem um coordenador há vários meses e não conta sequer com um funcionário para fazer a limpeza. O caso é encarado como um descaso por parte da Prefeitura, já que diariamente centenas de pessoas vão até o local à procura de ajuda.

De acordo com a secretária-geral do Conselho da Mulher, Mara Oliveira, primeiro foi retirada a funcionária que cuidava da limpeza do local, que era cedida para o Núcleo e que também recepcionava as pessoas que procuravam atendimento ali. “Nós estamos lá em sete Conselhos e, desde o início da gestão do (prefeito) José Carlos do Pátio estamos pedindo alguém para cuidar da limpeza do Núcleo, mas não conseguimos. Os banheiros lá estão uma fedentina, pois não tem alguém encarregado de limpá-los. Essa limpeza tem sido feita pelos colegas, mas a gente ainda tem que cuidar da própria sala e de atender as pessoas, então fica difícil”, denunciou.

 

“Ali não tem uma pessoa responsável por aquela estrutura, e a cada dia fica mais difícil trabalhar lá dentro”, denunciou Mara Oliveira, do Conselho da Mulher – (Foto: Fotos Denilson Paredes e Divulgação)

 

Segundo ela, em outubro passado a Prefeitura teria demitido o ex-coordenador do órgão, mas não indicou outra pessoa para substituí-lo até agora. “Ali não tem uma pessoa responsável por aquela estrutura, e a cada dia fica mais difícil trabalhar lá dentro. São quatro banheiros para lavar e está faltando um pouco de atenção do poder público, pois o coordenador até hoje não foi substituído. Não entendemos porque isso está acontecendo”, concluiu Mara Oliveira.

“A boa vontade para ajudar nós temos, fazemos o que podemos, mas o poder público precisa providenciar alguém para fazer a limpeza”, cobrou Carlindo Flávio da Silva, do Conselho do Idoso – (Foto: Fotos Denilson Paredes e Divulgação)

Outro que não está contente com a situação é o representante do Conselho do Idoso e da Associação dos Aposentados, Carlindo Flávio da Silva, que cobra que a Prefeitura tome providências para resolver a situação. “A boa vontade para ajudar nós temos, fazemos o que podemos, mas o poder público precisa providenciar alguém para fazer a limpeza, cuidar do jardim, dos banheiros. Tem muita gente para fazer isso lá, mas precisa de uma pessoa que tenha mais agilidade do que nós, idosos, para fazer. Nós fazemos um café, limpamos nossa sala, atendemos todos, mas tem muitas coisas que precisa de uma pessoa para fazer e queremos que o prefeito nos ajude”, completou.

De acordo com os conselheiros, a administração municipal já tem conhecimento da situação há meses e teria toda a condição de atender ao pleito dos conselheiros. No Núcleo dos Conselhos ficam sediados o Conselho de Defesa da Criança e do Adolescente, o Conselho da Mulher, o Conselho do Idoso, Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, a Associação dos Surdos, e o Grupo “Voluntários da Paz”, além de abrigar um posto da Delegacia da Mulher, onde podem ser registrados Boletins de Ocorrências e feitas denúncias.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here