Representantes dos produtores rurais e do governo discutiram diversas preocupações do setor rural – (Foto: Divulgação)

Assuntos ambientais pertinentes aos produtores rurais foram tratados em reunião entre o presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT), Antonio Galvan, com o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho e com a secretária de estado de Meio Ambiente (Sema-MT), Mauren Lazzaretti. Dentre as pautas, o grupo discutiu a vigência da Autorização Provisória de Funcionamento de Atividade Rural (APF) e emissão e análise de Cadastro Ambiental Rural (CAR).

Também participaram da reunião, realizada no Palácio Paiaguás, em Cuiabá, o vice-presidente Sul e coordenador da Comissão de Sustentabilidade da Aprosoja-MT, Fernando Ferri, diretor-executivo da entidade, Wellington Andrade, e técnicos da Associação dos Produtores e do Governo de Mato Grosso.

Conforme Galvan, a reunião tratou de temas que têm se tornado entraves para os produtores rurais e a intenção do encontro foi tentar diminuir as dificuldades enfrentadas pelo setor. “Mais uma vez apresentamos os problemas ao Governo, que nos ouviu, nos atendeu e se mostrou interessado em atender as nossas demandas. Os temas tratados têm gerado muitos problemas aos produtores e temos a necessidade de sanar esses entraves”, disse.

Fernando Ferri disse que o Governo de Mato Grosso se mostrou interessado em sanar os problemas, e que devem criar um grupo de trabalho para estudar a melhor maneira de diminuir as dificuldades. “Reunião bastante produtiva, Governo se mostrou interessado em resolver os problemas apresentados por nós produtores. Com relação à APF, vamos formar um grupo de trabalho onde serão analisadas algumas formas para dirimir e mitigar essas problemáticas com intenção de pôr fim na cobrança dessa Autorização, que inviabiliza os produtores de financiarem suas áreas devido à falta desse documento”.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here