Motociclista de acidente na Ponce de Arruda passou por cirurgias e está em estado estável

 

O fim de semana foi trágico no trânsito de Rondonópolis, tanto dentro da cidade como nas rodovias que dão acesso ao município. Ainda na tarde de sábado (11), no cruzamento da Rua Pedro Guimarães com Avenida João Ponce de Arruda, uma colisão envolvendo uma motocicleta e um veículo deixou o motociclista gravemente ferido. Ele foi levado ao Hospital Regional e passou por cirurgias, e seu estado de saúde, apesar de estar na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), é considerado estável.

O acidente aconteceu quando a condutora do veículo que estava na Rua Pedro Guimarães, cruzou a Avenida João Ponce de Arruda e o motociclista, que seguia pela via preferencial, atingiu com força a parte lateral do veículo, que inclusive teve os airbags acionados.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————
————————————————————————————

 

 

No período noturno, ainda no sábado, uma tragédia registrada na MT-270 tirou a vida de dois amigos, moradores de Guiratinga. Jorge Fábio Nunes Barbosa e Eder Nunes Barbosa, ambos de 37 anos, estavam em uma motocicleta e seguiam no sentido Rondonópolis, quando houve a colisão com uma caminhonete, que seguia no sentido oposto.

Duas ambulâncias do Samu de Rondonópolis foram para o local, a aproximadamente 10 km de distância da cidade, e encontraram os dois homens em situação bastante grave. Ambos foram socorridos ainda com vida, mas Jorge morreu dentro da ambulância, antes de chegar ao hospital. Já Eder Nunes Barbosa morreu na manhã de anteontem (12), no Hospital Regional de Rondonópolis.

 

Jovem de 26 anos morreu na Avenida Ary Coelho na manhã de domingo (12)

 

Ainda no domingo, pela manhã, a cidade ainda teve a notícia de mais um acidente com morte registrado. João Victor Carnese, 26, morreu na Avenida Ary Coelho após perder o controle do carro que conduzia e se envolver em uma grave batida. A principal suspeita é de que o motorista, que seguia no sentido Avenida Presidente Médici, tenha perdido o controle do carro ao passar por um desnível no asfalto, saído da pista e colidido contra uma árvore do canteiro central e, em seguida, bater no muro de um estabelecimento comercial.

Uma equipe do Samu chegou a ir até o local, mas apenas pode constatou a morte do rapaz. João Vitor trabalhou como assessor do ex-deputado federal Victório Galli (PSL), e atualmente tocava seu próprio negócio. Ele deixou três filhos, com idades de um, dois e oito anos.

Todos os acidentes citados tiveram o acompanhamento da Delegacia de Trânsito (Deletran), de Rondonópolis, que fica responsável por apurar as situações. A reportagem fez um balanço com os casos de maior gravidade, mas o número de acidentes registrados foi ainda maior. Houve colisões de vários tipos, incluindo contra postes, como na madrugada de sábado na Avenida Brasil e contra um guard-rail na BR-364, sendo que neste caso o motorista fugiu do local e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) não conseguiu localizá-lo. Neste caso, foram encontradas diversas latas de cerveja dentro do veículo que foi abandonado no perímetro urbano de Rondonópolis.

Como se não bastassem os acidentes, quatro pessoas foram presas no fim de semana por dirigir sob influência de álcool, em ações da Polícia Militar (PM) e da Polícia Rodoviária Federal.

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here