Ardiam as madeiras,
Crepitavam as brasas,
Faíscas subiam,
No batente das casas.

Pipocas explodiam,
Doces e salgadas.
Pés de moleque, paçocas,
Espigas de milho assadas.

Pares na quadrilha,
Fogueira gigante.
Folguedo e foguetes,
Música contagiante.

Figurino caipira,
Remendados.
Pesca e maçã do amor,
Bonitos rendados

Momento das cinzas,
O melhor trabalho,
Final de festa e batata assada,
No quente borralho.

(*) Hermélio Silva é escritor e poeta em Rondonópolis, membro da Academia Rondonopolitana de Letras

 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here