Deputado Nininho destaca as informações da sub-relatoria de combustíveis e apresenta requerimentos – (Foto: Divulgação/assessoria)

 

O deputado estadual Ondanir Bortolini (PSD), Nininho, relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Renúncia e Sonegação Fiscal da Assembleia Legislativa participou, no começo da semana, da entrega do relatório da sub-relatoria do setor de combustíveis, sob a responsabilidade do deputado estadual Carlos Avallone. A reunião conduzida pelo presidente da comissão, deputado Wilson Santos, também contou com a presença da deputada Janaína Riva, membro titular e sub-relatora do segmento de frigoríficos.

O relator da CPI destacou o trabalho realizado pelo deputado Carlos Avalone e sua equipe. Segundo Nininho, os levantamentos são esclarecedores. “Nas oitivas tivemos acesso a informações relevantes que mostram indícios de sonegações, irregularidades, fraudes operacionais, dentre outros que serão relatados no relatório final, o deputado Avallone e a equipe técnica foram precisos nas informações”, destacou o parlamentar.

Nininho que também é sub-relator da Mineração, apresentou 14 requerimentos solicitando informações a empresas, cooperativas e sindicatos que atuam diretamente na atividade de exploração de recursos minerais.

“O nosso objetivo é conhecer com mais consistência os números e as operações que o segmento da mineração vem desenvolvendo. Essas informações irão nortear os trabalhos da CPI neste setor, queremos conhecer com profundidade os mecanismos de controle e monitoramento da exploração mineral, os números que este setor representa para o Estado em arrecadação, em geração de empregos, de massa salarial e principalmente conhecer as dificuldades que empresas e garimpeiros enfrentam no cotidiano”, explicou o deputado.

Para o parlamentar, as informações são importantes para auxiliar e melhorar a produção e o incentivo no segmento. “Vamos trabalhar para desenvolver mecanismos que possam auxiliar este setor com sustentabilidade social e ambiental”, completou o sub-relator da Mineração.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here