Desde oito de novembro,
De dois mil e quinze.
Dia difícil,
Cinze.

Invasão,
Samu, chão, gente.
Hospital e indagação,
Um mero impotente.

Boletins, atestados,
Documentos aqui.
Vão-se 80 dias.
Pediram até croqui.

Mas, se tem MAPFRE,
Tem jeito…
Mas, tem protelação,
Chancelando o defeito.

Um caminho estreito,
Estrada longa e ruim.
Melhor litigar,
Enferrujou, criou cupim.

(*) Hermélio Silva é escritor e poeta em Rondonópolis, membro da Academia Rondonopolitana de Letras

 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here