Reunião entre vereadores e representantes do Sanear – (Foto: Divulgação)

 

Representantes do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) explicaram ontem (19), durante reunião com os vereadores, que correções inflacionárias, ligação de redes de esgoto e a troca de hidrômetros aumentaram o valor das contas de água das residências.

A direção da autarquia considera que não houve aumento na tarifa de água, mas que teve um índice de correção inflacionária no mês de março desse ano, que é determinado por lei.

Revelou ainda que outras mudanças nos valores das contas também podem ter sido causadas por fatores, como a ligação de esgoto de muitos bairros que não tinham o serviço e também a troca de hidrômetros de residências que já tinham mais de dez anos de uso.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————

————————————————————————————

 

 

“A norma diz que os hidrômetros têm que ser trocados há cada cinco anos e, nessa troca, verificamos que existiam alguns com mais de 13 anos, e que não marcava o consumo do contribuinte, e ao ser colocado um hidrômetro novo ele passou a registrar de forma correta e por isso houve o aumento da fatura”, explicou a diretora do Sanear Terezinha Silva.

As reclamações sobre o aumento nas contas de água chegaram aos vereadores por meio de moradores que tiveram os hidrômetros de suas casas trocados. De acordo com os parlamentares, em alguns casos chegaram a triplicar de uma conta para outra, sendo que o consumo é o mesmo.

Compareceram à reunião com os vereadores, a diretora geral do Sanear Terezinha Silva, o responsável técnico Hermes Ávila e a responsável pela manutenção e administrativa financeira, Antonieta de Almeida.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here