China está comprando a carne bovina brasileira em grande quantidade e vem pressionando os preços para cima – (Foto: Arquivo)

 

A carne brasileira vem sofrendo sucessivos aumentos nos últimos meses, acumulando uma alta que ultrapassa os 30%. Entre as possíveis causas, está um reajuste no preço da arroba de carne depois de vários anos sem aumento, e a entrada da China como compradora da proteína animal brasileira, o que provocou um aumento da procura pelo produto, que por sua vez acabou pressionando os preços para cima.

Reinaldo Aguiar Júnior: “é um movimento do mercado e eu acredito que esse preço ainda vai subir devagarzinho” – (Foto: Divulgação)

De acordo com o pecuarista e empresário do ramo de leilões, Reinaldo da Silva Aguiar Júnior, há algum tempo a carne, tanto bovina, como suína e de frango, já vinha sofrendo aumentos, mas esse processo foi acentuado há pouco mais de 40 dias, com a disparada nos preços.

“Em coisa de quatro há cinco semanas para cá houve uma disparada, com um aumento numa faixa de 27 a 28%. Há cerca de 50 dias, o arroba do boi estava a R$ 140 a R$ 146, e hoje está em R$ 186 a R$ 190. Nós já vínhamos praticando o mesmo preço desde 2014, com o arroba do boi oscilando entre R$ 138 a R$ 146, e a fêmea de R$ 128 a R$ 138. Foram cinco anos e se você colocar uma correção, sem subir nada, daria uns 30% (de reajuste), mas a coisa veio de uma vez e houve a briga do Trump (Donald Trump, presidente americano) com a China, que não tem nada a ver com a pecuária, e houve a peste suína na China. Então, faltou carne na China e eles decidiram comprar a nossa carne. Essa somatória de fatores levou ao aumento”, explicou.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————

————————————————————————————

 

 

Ainda segundo ele, por ter um grande rebanho e por ter uma das carnes mais baratas do mundo, a China optou por comprar carne do Brasil em grandes volumes, já que se trata do país mais populoso do mundo, com cerca de 1,4 bilhão de habitantes. Esse aumento, acabou provocando uma reação em cadeia, elevando também o preço da carne suína e de frango, que acompanhou a carne de gado nos aumentos.

Reinaldo Aguiar Júnior diz não ter como precisar se essa tendência de aumento permanece e por quanto tempo ela pode durar, mas ele admite que os preços tendem a subir mais um pouco antes de se estabilizarem. “Isso é um movimento do mercado e eu acredito que esse preço ainda vai subir devagarzinho. Porém, aconteceu só porque houve mais procura que oferta e houve uma soma de fatores que levaram a esse aumento e, nesse momento, quem fez a diferença foi a China”, concluiu.

Chico da Paulicéia: “os chineses estão dispostos a pagar um valor maior pela arroba do boi em relação ao preço praticado aqui” – (Foto: Divulgação)

Posição parecida tem o produtor rural Francisco Olavo Pugliesi de Castro, o Chico da Paulicéia, que também considera a entrada da China como compradora de carne brasileira como a principal causa dos aumentos. “A China teve um problema com a peste suína africana que dizimou boa parte do seu rebanho. E eles [chineses] elegeram o Brasil como um dos lugares onde iriam comprar carne. E passaram a comprar carne brasileira como nunca. E isso elevou o preço da arroba dos bovinos. E os chineses estão dispostos a pagar um valor maior pelo arroba do boi em relação ao preço praticado aqui. Isso pegou o Brasil com um estoque de boi não tão grande, o que acabou contribuindo com essa situação”, afirmou.

Segundo ele, o Brasil, historicamente, exportava cerca de 20% da sua produção de carne, enquanto os 80% restantes eram vendidos no mercado interno, mas com as exportações para a China, os produtores começaram a exportar cerca de 30% de sua produção, o que acabou diminuindo o estoque para consumo interno e pressionando seus preços para cima.

Ele também diz acreditar que os preços ainda devem subir um pouco mais, mas não sabe dizer em que percentuais e até quando essa onda de aumentos perdurará. “Isso é uma coisa muito nova e ninguém sabe precisar até quando isso vai durar”, concluiu.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here