Técnico Tite faz cinco mudanças em relação ao time que começou jogando contra a Argentina – (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Em campo, o ano de 2019 termina para a Seleção Brasileira hoje (19), às 09h30. Diante da Coreia do Sul, o Brasil disputará sua última partida neste ano. O confronto será realizada em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.

Na véspera do confronto, o técnico Tite comandou um trabalho tático no palco que receberá o duelo, o Mohammed Bin Zayed Stadium. Com relação ao time que iniciou o jogo contra a Argentina na sexta-feira passada (15), ele fez cinco alterações.

Contra a Coreia do Sul, o Brasil irá a campo com Alisson, Danilo, Marquinhos, Éder Militão e Renan Lodi; Fabinho, Lucas Paquetá e Arthur; Gabriel Jesus, Richarlison e Philippe Coutinho.

 

“Já estava previsto que o Lodi entrasse. Ele já tinha entrado bem nos jogos. O Fabinho construiu essas etapas, quando entrou foi bem, traz essa confiança do clube para a Seleção, produziu o seu normal, numa função que exerce no Liverpool. O Paquetá é oportunidade de sequência”, explicou Tite sobre algumas das substituições.

Além da mudança de nomes na escalação, Tite também arriscou algumas alterações na formatação da equipe para este último compromisso de 2019. Para ele, antes do início das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, já em março do próximo ano, este é o momento de tentar estes ajustes.

“Houve mudanças nesses seis jogos. A gente vem fazendo sistematicamente, com mudanças de nomes, de posições, A fase é dura, mas é inevitável para ali na frente ter uma referência importante e nos jogos decisivos e saber com quem contar. Ter Coutinho de lado é voltar para onde mais produziu. Richarlison falou que na Seleção prefere jogar de 9 e está produzindo bem, é um jogador terminal, de capacidade de conclusão muito grande”, analisou.

Brasil e Coreia do Sul se enfrentarão pela quinta vez na história. O retrospecto até aqui é favorável para a Seleção Brasileira. São quatro vitórias para a Canarinho e apenas uma derrota.

COREIA DO SUL

Do outro lado, a Coreia do Sul vai a campo após empatar com o Líbano pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo. Sob o comando de Paulo Bento, os coreanos tentam a recuperação diante da Seleção. O comandante português afirmou que não vai mudar a postura da equipe neste amistoso.

“É claro que, dependendo do oponente, você pode fazer algumas mudanças na estratégia, mas basicamente estamos preparados para jogar nossos jogos o máximo possível, sem sermos afetados pelo fator casa”, disse.

A provável escalação da Seleção Sul-Coreana deve ser Kim Seunggyu, Lee Yong, Kim Jinsu, Kim Minjae e Hwang Inbeom; Jung Wooyoung, Nam Taehee, Hwang Uijo e Lee Jaesung; Son Heungmin e Kim Younggwon.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here