Conforme apurado, a licitação que estava em andamento não previa a construção de um lago – (Foto: Arquivo)

 

A licitação que visa contratar a empresa para a construção do espaço de lazer no Parque Natural Municipal de Rondonópolis, o antigo Parque das Seriemas, na confluência das Avenidas Poguba com a Beira Rio, na Vila Goulart, com um orçamento de R$ 6,9 milhões, foi revogada pelo prefeito Zé Carlos do Pátio (SD).

Conforme apurado pela reportagem, a licitação que estava em andamento não previa a construção de um lago e, a pedido do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Rondonópolis (Ippur), o prefeito revogou o processo. Ainda não existe data prevista para uma nova licitação. Porém, a princípio, a Prefeitura vinha prevendo a construção do lago.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————
————————————————————————————

 

 

O atual processo estava em análise, devido a um mandado de segurança que a Prefeitura foi obrigada a obedecer, pois uma empresa que foi inabilitada, por força da Justiça, teve que ser habilitada na licitação. A empresa havia sido inabilitada por falta de acervo técnico.

Atualmente, o parque é formado apenas por vegetação nativa, não podendo ser usado pela população. O valor estabelecido para a construção dos equipamentos de lazer do projeto do Ippur é de R$ 6.938.261,50, sendo os recursos que serão investidos na obra são oriundos de um acordo de compensação ambiental firmado com o município, com intermédio do Ministério Público Estadual (MPE) e Poder Judiciário, pela empresa responsável pela construção do Terminal Ferroviário de Rondonópolis.

 

1 COMENTÁRIO

  1. Esse não sai, mas a fiscalização por radar é outros sai rapidão é sem problemas.as cemeras fajutas vai ser rapidão também……
    Qualidade de vida em Rondonópolis é horrível…

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here