Doralice Silva, presidente destituída do PDT: “tomaram no tapetão” – Foto: Arquivo

A atual composição do diretório municipal do PDT, presidida pela militante Doralice Silva Rodrigues, foi destituída pelo presidente estadual do partido, o deputado estadual licenciado Allan Kardec. “O nosso partido foi tomado no ‘tapetão’ por meio de articulação política do vereador professor Sidinei Fernandes e a turma do ex- prefeito Percival Muniz”, desabafou a ex-presidente do PDT.

Ela explicou que, ainda no mês de julho, o deputado licenciado Allan Kardec, presidente estadual do partido, procurou a executiva local para que, em comum acordo, repassasse a condução da sigla para o vereador professor Sidinei. “Nós não aceitamos esta possibilidade e sugerimos que se ele tivesse interesse na condução do partido, que montasse chapa e disputasse a eleição do diretório, mas como ele não tem votos e nem militância no PDT, decidiu tomar o partido no ‘tapetão’”, afirmou Doralice Silva.

De acordo com a presidente destituída, o partido já estava com 16 pré-candidatos a vereador. “Todos os filiados ao PDT vão deixar o partido, assim como estes pré-candidatos. Eles que tomaram o nosso partido e não terão a nossa militância. Todos estes que agora estão à frente do PDT são simpatizantes do PT, nunca participaram das ações do PDT e nós não concordamos com isso”, protestou.

 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here