Michelle Yasmim desapareceu de seus familiares no último dia 30 de agosto – Arquivo/família

 

Cinquenta dias após o seu desaparecimento, em São Lourenço de Fátima, os familiares da garota Michelle Yasmim Nascimento Mantovani, de 16 anos, ainda não conseguiram localizar a menor e continuam à procura de informações que levem ao seu paradeiro. Ela desapareceu na noite do dia 30 de agosto, por volta de 22h30, e a suspeita da família é que ela tenha fugido com um namorado maior de idade, que a estaria mantendo em Rondonópolis sem o conhecimento e consentimento da família.

De acordo com a tia de Michelle, Alexandra Mantovani, a família chegou a receber, na semana passada, a informação de que a garota estaria perambulando na região do Residencial Pedro Casaldáliga, mas não foi possível encontrá-la.

 

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

 

“A única informação que temos é essa. Aí, nos disseram que ligaram para a polícia, que falou que não podia fazer nada, pois quem investigava (o caso) é Juscimeira (onde foi registrada a ocorrência). E daí nunca mais ouvimos nada sobre a Michelle. Também nos disseram que a viram na região do Alfredo de Castro, mas não conseguimos contato com ela ainda. Isso foi na semana passada e procuramos na região toda, mas não encontramos”, informou.

Alessandra detalhou que uma das pessoas que teria avistado Michelle contou que, no momento que a viu, a menor estava bastante suja e passando por um surto. Enquanto não a localizam, a família continua procurando pela mesma, entregando panfletos e pregando cartazes, principalmente na região onde populares afirmam ter visto a menina, assim como por meio das mídias sociais.

Alexandra Mantovani conta que, após o desaparecimento da garota, familiares ficaram sabendo que a mesma possuía um namorado, esse maior de idade, e os dois teriam fugido da família com a ajuda de uma outra pessoa para Rondonópolis, onde estariam morando juntos.

 

Para a tia da garota, estaria faltando empenho das polícias para desvendar o caso, e ela cobra uma ação mais efetiva para que Michelle seja localizada, para que a família finalmente possa se tranquilizar. “A única novidade é que alguns policiais perguntaram para mim e a meu marido, há poucos dias, se a gente tinha alguma novidade, mais nada. Eu acho que tinha que ser o contrário, eles que tinham que me contar alguma novidade. Eu acho que tem que investigar melhor”, concluiu.

Segundo informações dos familiares, Michelle Yasmim Nascimento Mantovani possui retardo mental e sofre com surtos psicóticos, precisando de cuidados constantes.

Quem tiver informações que levem ao paradeiro da adolescente pode entrar em contato através dos seguintes telefones: (66) 3441-1042 / 99257-0077, ou por meio do WhatsApp nos números (66) 98107-9646 / 996750977.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here