Foto: Divulgação/PM

 

O intento do projeto de lei 172/2017, que prevê a criação e instalação de um Batalhão da Polícia Militar no Distrito de Vila Operária, no município de Rondonópolis, de autoria do deputado estadual Sebastião Rezende, está mais próximo de se tornar realidade. Essa proposição foi aprovada em segunda e última votação no plenário da Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso (AL-MT), na sessão matutina de quinta-feira (03/10).

 

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

 

Essa conquista para o Distrito de Vila Operária ocorre depois de uma longa jornada de luta parlamentar do deputado Sebastião Rezende, que vinha trabalhando para que o projeto avançasse dentro da AL-MT desde abril de 2017. “Será a realização de um sonho, quando conseguirmos ver implantado esse 2º Batalhão de Polícia Militar em nosso município, muito especialmente esse da Vila Operária, onde dezenas de bairros serão atendidos, consequentemente,  milhares  de pessoas serão beneficiadas com uma estrutura de segurança pública muito maior do que a que temos hoje”, avaliou o deputado.

 

Sebastião Rezende: autor do projeto que foi aprovado pela Assembléia Legislativa – Foto: Karen Malagoli/ALMT

Conforme o projeto, o novo Batalhão precisa ter sede no Distrito de Vila Operária, devendo ser composto pelo efetivo mínimo de 109 policiais e elementos de comando e serviço, lotados no município de Rondonópolis, com garantia mínima de atuação das suas atividades. As despesas com o funcionamento e manutenção dessa guarnição correrão por conta de dotações orçamentárias próprias, suplementares de necessário.

Nesses últimos dois anos, Rezende também fez inúmeras articulações em prol desse intento junto ao Comando da Polícia Militar de Mato Grosso. Nesse sentido, o parlamentar vinha mostrado as grandes dimensões urbanas de Rondonópolis, com mais de 230 mil habitantes, aliado ao avanço da violência em toda a sociedade. O entendimento do deputado é que a descentralização da atuação proporcionará mais segurança para essa região de Rondonópolis, considerada a mais populosa do município.

Agora o projeto aprovado vai para apreciação do governador Mauro Mendes. Para se tornar lei, será necessário que o mesmo seja sancionado.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here