(*) by Jerry Mill

Dia desses, em sala de aula, num tom mais de busca por confirmação do que de indagação, uma aluna me perguntou se eu sabia o que era #TBT. Sincero, como geralmente sou, eu disse a ela que eu tinha uma vaga ideia, por ter visto aquelas três letrinhas apenas de relance no programa Encontro da Fátima Bernardes e no projeto musical deste ano de 2019 do cantor Wesley Safadão (ambos veiculados na Globo TV), mas não tinha certeza quanto ao seu significado. E logo emendei que a sigla tinha toda pinta de ter origem na língua inglesa. Ela sorriu e concordou.

Na verdade, ela já sabia tratar-se da expressão throwback Thursday (algo como ‘quinta-feira da lembrança’), uma hashtag (#TBT) muito usada nas redes sociais (entenda-se Twitter e Instagram) em que os seus usuários postam algo que remete ou lembra alguém, algum lugar ou alguma coisa do seu passado longínquo ou recente. Uma espécie de Arquivo Confidencial, tradicional quadro do programa Domingão do Faustão, veiculado pela Vênus Platinada há décadas. Enfim, linguisticamente falando, trata-se, na sua essência, da junção substantivada do phrasal verb throw back (jogar ou arremessar de volta) com Thursday (quinta-feira), que teoricamente é o último dia útil da semana, já que a sexta-feira, culturalmente, dá início ao tão desejado e aguardado fim de semana, seja nas empresas ou nas escolas.

A sexta-feira, inclusive, tem a sua própria hashtag (#fridaynightvibes), que na verdade pode tomar outras formas, o que também é verdadeiro em relação aos demais dias da semana (de Sunday a Saturday), estando incluso nesta lista o já mencionado Thursday – que tem estreita relação com Thor, o deus nórdico dos trovões e das batalhas e o herói das histórias em quadrinhos e filmes que faz parte dos Vingadores, uma criação da poderosa Marvel Comics, considerada a maior editora de HQs do mundo.

Agora, pensando de uma maneira mais global, o uso de siglas como as mencionadas acima é algo muito comum em qualquer língua, especialmente no português do Brasil e também na língua inglesa. Prova disso são os nomes de canais de TV (SBT e CNN) e nomes de times de futebol (CRF e PSG), só para citar alguns exemplos mais óbvios. A título de confirmação: SBT são as iniciais para o Sistema Brasileiro de Televisão (canal de TV aberta com entretenimento popular do empresário e apresentador Silvio Santos, fundado em 1981) e CNN significa Cable News Network (o primeiro canal a cabo de notícias 24 horas, fundado nos Estados Unidos em 1980 pelo magnata Ted Turner). De modo similar, CRF indica o meu glorioso Clube de Regatas do Flamengo (fundado em 1895), enquanto que PSG resume-se ao Paris Saint-German Football Club (cujas origens datam da década de 1970, sendo este o atual clube do craque Neymar Júnior).

No nosso dia a dia, porém, surgem siglas aqui e ali que nem sempre são valorizadas ou verificadas adequadamente, a menos que algo inesperado, urgente até, se apresente. É o caso das British thermal units (BTUs) dos ares-condicionados, do PC (personal computer) e do GPS (global positioning system). Em tempo: quem me conhece na intimidade, a ponto de receber meus emails ou minhas mensagens via WhatsApp, sabe que eu costuma fazer uso das siglas FYI (for your information) e FYR (for your reading), dentre outras.

Não é preguiça de escrever/digitar, não, dear reader. O fato é que ambas resumem, em apenas três letras, a minha intenção…

*Para quem não sabe, hash pode ser o verbo ‘picar’ ou os substantivos ‘confusão’ e ‘fricassé’ (um tipo de prato francês), enquanto que tag é entendido como ‘etiqueta’ ou ‘etiquetar’. Na Internet, uma hashtag é composta por uma ou mais palavras relevantes do assunto desejado precedida pelo símbolo cerquilha (#). Quando digitada, ela vira um hiperlink na rede, reconhecido pelos mecanismos de busca em uso.

(*) Jerry Mill é mestre em Estudos de Linguagem (UFMT), presidente da Associação Livre de Cultura Anglo-Americana (ALCAA), membro-fundador da ARL (Academia Rondonopolitana de Letras), associado honorário do Rotary Club de Rondonópolis e autor do livro Inglês de Fachada

 

 PUBLICIDADE


 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here