A Avenida Paulista foi o palco da mobilização pelo clima, em São Paulo – Rovena Rosa/Agência Brasil

 

A poucos dias da Cúpula pelo Clima da Organização das Nações Unidas (ONU), marcada para a próxima segunda-feira (23), em Nova York, uma mobilização mundial chamada Greve Global pelo Clima ocorreu em mais de 150 países, nesta sexta-feira (20), para chamar a atenção para mudanças climáticas. No Brasil, também houve manifestações. Em São Paulo, a mobilização começou por volta das 16h, no vão-livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp), na Avenida Paulista.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Whatsapp: (66) 99939-9211

 

 

Por volta das 17h30, o sentido Consolação da Avenida Paulista foi tomado pelos manifestantes, a maior parte deles jovens, que exigiam ações concretas para frear as emissões de gases causadores do efeito estufa e de combate ao aquecimento global. Os jovens seguravam cartazes com frases como Matar a Mata nos Mata; Em Defesa da Amazônia; Nao Mude o Clima Mude o Sistema; Emergência Climática; Amo a Natureza. Havia também algumas bandeiras de centrais sindicais e de movimentos ambientais. Muitos secretários de governo, deputados e vereadores de SP foram ao ato.

Em Brasília, os manifestantes se reuniram em frente a Biblioteca Nacional. No início da noite, caminharam em direção ao Congresso Nacional. Por volta de 19h, um grupo de cerca de 300 pessoas chegou ao gramado em frente ao Congresso. Parte dos manifestantes usava camisetas verdes e agitava bandeiras da mesma cor. Cartazes e faixas diziam “Somos a natureza”, “- carne + floresta” e “Não se respira dinheiro”.

 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here