Uma década de saudades! Voe alto nossa borboleta!

219

 

(*)

Uma década de saudades! Nesses 10 anos, escrevemos sempre um texto no dia de 12 de setembro (dia da sua partida) para homenageá-la e explicitar todo o amor e saudades que sentimos da senhora, e assim foram os títulos durante esses anos:

• 2010 – Porque as avós vão embora;

• 2011 – Dois anos de saudade;

• 2012 – Saudades;

• 2013 – Saudades de tudo o que vivemos e do que não vivemos;

• 2014 – Meia década;

• 2015 – Carta para Vó Isaura;

• 2016 – Coraçãooooooo;

• 2017 – Saudades!!!

• 2018 – E lá se vai mais um ano de saudades… Nove anos que o céu te recebeu!

E agora chegou o momento de encerrar esse ciclo. Nessa uma década procuramos por algo que representasse sua presença física entre nós, e coincidentemente dias após a sua partida uma borboleta pousou na sua cama e logo em seguida foi pousando pelas pessoas que estavam próximas e a imagem nos fez associar a sua presença.

Esses 10 anos não foram fáceis, mas surpreendentemente surgia uma borboleta que nos fazia acreditar que estava bem. Durante esses anos nossa família cresceu e seus ensinamentos estão sendo repassados, conseguimos atualmente lembrar as suas histórias com saudades e damos risadas, pensando em qual seria sua reação quando surge algum acontecimento inesperado. Então, Vó Isaura, esperamos que nesses 10 anos tenha gostado das nossas homenagens, mas ainda foram poucas comparadas com o nosso amor por você.

Te amamos eternamente!!

(*) Com carinho, sua família e as netas Roseane Cristina de Carvalho, analista de RH, Rosimeiry Cristiane Carvalho de Vasconcelos, professora da rede municipal, e Mariana Carvalho de Vasconcelos, graduanda em engenharia química na UFMT

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here