Senado: Comissão vai discutir cortes no Censo 2020

470
Recenseador aplica questionário do Censo 2010 em Rio das Ostras (RJ): para 2020 está prevista redução de recursos para o levantamento e do número de perguntas para os cidadãos – Foto: Fala Rio das Ostras/Divulgado por Agência Senado

 

O corte de 25% no orçamento para a realização do Censo 2020 e a simplificação do seu questionário serão debatidos em audiência pública, nesta segunda-feira (19), na Comissão de Direitos Humanos (CDH) do Senado, solicitada pelo presidente do colegiado, senador Paulo Paim (PT-RS).

“Tal corte é nocivo ao desenvolvimento do país, tendo em vista que o censo é crucial para obter informações acerca das principais características das pessoas e domicílios e da distribuição territorial. Assim, a pesquisa norteia o planejamento das políticas públicas e tomadas de decisões de investimentos tanto pela iniciativa privada quanto pelos governos”, argumenta Paim.

O senador destaca que os dados do Censo contribuem para que sejam decididas as áreas que requerem investimento com mais urgência, como saneamento básico. Paim lembra também a importância do Censo para o levantamento de informações para a repartição dos recursos financeiros do governo federal.

 

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Censo Demográfico, realizado a cada 10 anos, é a principal fonte de referência para o conhecimento das condições de vida da população em todo o país.

Para participar da audiência, foram convidados a vice-presidente do Conselho Curador do Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas (Ibase), Wânia Sant’Anna; a coordenadora do núcleo sindical do Sindicato Nacional dos Trabalhadores em Fundações Públicas Federais de Geografia e Estatísticas (Assibge) e da Campanha Todos pelo Censo, Luanda Chaves Botelho; o ex-diretor de pesquisa e servidor do IBGE, Claudio Crespo; a coordenadora operacional dos censos, Maria Vilma Salles Garcia; e o diretor-adjunto da Diretoria de Pesquisas, Cimar Azeredo Pereira.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here