Córrego Canivete: Pontes ainda seguem sem acesso

No Córrego do Canivete, pontes continuam sem uso por parte das comunidades próximas e moradores reclamam

2090
Por enquanto, as pontes não ligam os bairros que margeiam o Córrego do Canivete, mas Prefeitura prometeu iniciar as obras pendentes ainda nesta semana – A TRIBUNA

 

As estruturas pré-moldadas de quatro novas pontes no Córrego do Canivete, implantadas entre setembro e outubro do ano passado, continuam sem uso por parte das comunidades próximas. É que até hoje o acesso para o devido tráfego dos moradores, com a realização das cabeceiras das pontes, não foi providenciado pelo poder público. A conclusão do projeto foi motivo de cobrança novamente junto ao A TRIBUNA.

Quem mora próximo reclama das pontes inacabadas, sem as condições de trafegabilidade. A moradora Carmelita de Jesus Campos externou à reportagem que seria importante para a comunidade a conclusão desse projeto, porque facilitaria o acesso de todos aos bairros da região, mas até hoje não foi concluído. “Não pode passar carro, não pode passar moto, nada! Só a pé e, mesmo assim, está dando a maior dificuldade porque do lado de lá está um desnível alto. Para nós, seria uma bênção se arrumassem isso”, reclamou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

Apesar de não ser morador da região que margeia o córrego, Orestes Santana disse à reportagem que está sem esperança de que o poder público possa concluir essa obra. “Não vão fazer nunca isso, pois é pela Coder! Eles não trabalham… Para os moradores daqui seria muito importante terminar essas pontes. Mas estou sem esperança que eles vão terminar neste ano esse serviço. Do jeito que está não precisa nem ter ponte. Deus me livre da Prefeitura”, criticou.

Já a moradora Lourdes Feliciana da Silva falou para a reportagem da dificuldade de ter as pontes sem acesso. “Colocaram a ponte, mas não fizeram o acesso para carro. Quem tenta passar é perigoso ainda cair lá dentro do buraco. Ficou perigoso assim. Se terminassem, passava carro para lá e para cá… Do jeito que está, não dou conta de passar para lá, pois já estou com 70 anos”, contou.

Diante das cobranças da comunidade, o deputado estadual Sebastião Rezende, que articulou o projeto dessas travessias, procurou ontem (15/7) o prefeito de Rondonópolis, Zé Carlos do Pátio, para reforçar o pedido de realização do encabeçamento das pontes no Canivete, o que vai contribuir na mobilidade de mais de 30 bairros. “Essa é uma obra do Governo do Estado e fizemos um trabalho para fazer um novo projeto e viabilizar essas quatro pontes. O encabeçamento agora vai garantir trafegabilidade para que a população possa usar essas quatro pontes”, explicou.

Rezende também enfatizou a necessidade da parceria com a Prefeitura para fazer o encabeçamento das pontes. Em resposta, o prefeito da cidade garantiu o imediato atendimento do pleito. “Foi quando eu fui deputado que, junto com o deputado Sebastião, nós lutamos para fazer a canalização do Canivete na gestão do governador Pedro Taques, que antes do término do seu mandato construiu essas quatro pontes. Na ocasião, o governador me pediu para fazer o aterro das pontes, as quais tiveram o deputado Sebastião como grande idealizador. Então, nesta quinta-feira, dia 18, vou colocar as máquinas para começar a construção das cabeceiras, até porque o deputado Sebastião Rezende vem ajudando muito o Município e essas estruturas vão ser algo muito importante para toda a sociedade”, garantiu Pátio.

 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here