Paróquia Sagrado Coração de Jesus comemora 60 anos

698
A imponente Igreja Matriz Sagrado Coração de Jesus – Denilson Paredes e Arquivo

 

A Paróquia Sagrado Coração de Jesus comemora, hoje, 60 anos de sua criação oficial. Mais antiga igreja católica de Rondonópolis, a Paróquia foi criada pelo então bispo dom Wunibaldo Talleur, em 16 de julho do ano de 1959. Foi em torno dela que Rondonópolis cresceu e se desenvolveu, tendo tido um papel relevante nos primeiros momentos da história do município.

Frei André, atual pároco: “em 1942 já haviam frades andando por aqui”

De acordo com o pároco da igreja, frei André Luiz Nascimento dos Santos, que faz parte da Ordem Franciscana, mesmo antes de sua criação oficial, havia um trabalho religioso realizado no mesmo local onde hoje existe a Igreja Matriz da cidade. “Há registros nos nossos livros que mostram que, em 1942, já haviam frades andando por aqui, batizando e evangelizando. Já havia a presença franciscana. Aí, o bispo dom Wunibaldo, sabendo disso, resolve criar uma paróquia, única, que foi a primeira e que abrangia (inicialmente) todo o território que antes era da Prelazia de Chapada dos Guimarães. Só depois que foi dividindo e hoje abrangemos 14 comunidades, a maioria na periferia da cidade e muito carentes”, informou.

Antes da construção da Igreja que existe hoje em dia, podemos ver ao fundo a Escola Sagrado Coração de Jesus, construída antes da igreja – Arquivo/Igreja Matriz

Anteriormente, na década de 1950, havia uma igreja na mesma área onde hoje há a imponente Igreja Matriz da cidade, que ficava logo abaixo do atual prédio, até que o seu primeiro pároco frei Antonino Schwenger, de origem alemã, em uma de suas viagens à terra natal, conseguiu que o arquiteto Neusch de Stuttgart fizesse uma planta de uma nova igreja matriz para a paróquia, que foi inaugurada em 1966.

Para lembrar a data, haverá uma celebração especial, a partir das 19 horas de hoje, com a presença do bispo diocesano dom Juventino Kestering e do superior da Ordem Franciscana, frei Rogério Viterbo, que vem à cidade especialmente para a data.

 

IMPORTÂNCIA HISTÓRICA

Criada oficialmente em 16 de julho do ano de 1959, portanto ainda nos primórdios de Rondonópolis, que foi emancipada politicamente em 1953, a Paróquia Sagrado Coração de Jesus teve uma importância muito grande para o crescimento da cidade.

Adilson Francisco, historiador: “é a mãe de todas as outras paróquias”

“A primeira coisa é que ela não veio sozinha. Desde antes da paróquia existir já existia o colégio (Sagrado Coração de Jesus, que fica ao lado da igreja). Essa foi uma prática do dom Wunibaldo que, ao lado de cada paróquia que ele criou, concomitantemente fundou uma escola. Às vezes, era no salão da igreja mesmo que ele instalava uma sala de aula. Então, a primeira importância é que além de ser um lugar de culto religioso, ali foi um espaço pioneiro na educação”, explicou o historiador Adilson José Francisco.

Foi a partir da criação de sua primeira paróquia e da primeira escola que o então pequeno município de Rondonópolis começou a atrair os moradores da região, que foi fundamental para o seu crescimento.

“Muitos momentos importantes da história da cidade aconteceram ali, pois por muitos anos era no salão da igreja que se faziam as mais diversas reuniões, inclusive políticas. Ela é a mãe de todas as outras paróquias. Muitas ações sociais, como formação profissional, também aconteceram ali nos primeiros tempos da Paróquia. Agentes comunitários de saúde, treinamentos de professores, formaturas, aconteciam ali. E foi por meio delas que as ideias inovadoras do Concílio Vaticano II foram divulgados para toda a região e partiram dali”, continuou.

Para Adilson Francisco, apesar de já não ter tanta importância para a cidade, a Paróquia continua sendo uma referência, inclusive geográfica, para Rondonópolis e seus moradores. “Toda sede de Diocese tem uma Catedral, que geralmente também é a Igreja Matriz. No caso de Rondonópolis, a Catedral da cidade fica na Igreja Santa Cruz, que foi construída bem depois que a Sagrado Coração de Jesus, o que não diminui sua importância, mas a mãe de todas as demais igrejas católicas da cidade e região é a Sagrado Coração de Jesus”, concluiu.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here