Zé do Pátio, conforme sindicato, ainda não teria assinado os documentos – Arquivo

 

O prefeito Zé do Carlos do Pátio (SD), ainda não cumpriu o acordo mediado pelo Ministério Público Estadual (MPE), onde se comprometeu a subsidiar a empresa Cidade de Pedra, para garantir o transporte coletivo em Rondonópolis até o mês de dezembro deste ano, quando a licitação para a concessão do transporte coletivo poderá estar concluída. A informação foi repassada, ontem (12), pelo presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Rodoviário de Rondonópolis (STTRR), Luiz Gonçalves da Costa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Whatsapp: (66) 99603.9677


 

“Até agora, o prefeito não assinou os documentos que irão garantir a empresa o repasse do subsídio. Após o acordo, mediado pelo MPE no dia 28 de junho, tentamos negociar a convenção coletiva dos trabalhadores que têm maio como a data base, mas a empresa se negou a pagar o reajuste, porque ainda não tem a garantia legal assinada pelo Zé do Pátio. O prefeito pediu para os trabalhadores suspenderem o indicativo de greve, porém ainda não cumpriu com o acordo firmado com o MPE”, enfatizou o sindicalista.

Mediante o acordo entre Prefeitura e empresa, serão subsidiadas quase todas as gratuidades do serviço, menos a do idoso, até o mês de dezembro. Além disso, o prefeito autorizou a cobrança de 25% da integração, que antes era gratuita até o período de uma hora.

Este subsídio, que também inclui o município a custear 100% do passe estudantil, bate à casa dos R$ 230 mil ao mês, podendo variar para mais ou para menos, segundo foi divulgado, garante a estabilidade da empresa e o emprego de 150 trabalhadores até o final do ano.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here