“Obra do Descaso”: Carreta tomba ao desviar de buracos no Anel Viário

3979
Parte da carga de milho de carreta que tombou também foi saqueada – Patrícia Cacheffo

 

Um acidente ocorrido na manhã de ontem, no Anel Viário de Rondonópolis, demonstrou, mais uma vez, os riscos que os motoristas que precisam passar pelo local correm diariamente. Uma carreta carregada com milho, que saiu de Primavera do Leste com destino ao Terminal de Cargas de Rondonópolis, acabou tombando nas proximidades do acesso ao Campo Limpo, ao desviar de buracos na pista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Whatsapp: (66) 98124.0013

 

O condutor, que estava sozinho no veículo, felizmente não se feriu. Ele atribuiu isso ao uso do cinto de segurança, que segundo o mesmo o segurou no momento do tombamento e até que ele fosse retirado do veículo pelo filho, que seguia logo atrás em outra carreta também com destino ao terminal.

Segundo informado pelo motorista, Arlindo dos Reis, o acidente aconteceu quando o mesmo desviava de buracos na pista e foi utilizar uma faixa lateral, de chão, que todos os motoristas usam, para conseguir seguir viagem. O motorista não teve visibilidade do grande desnível entre a pista degradada e o local que está sendo utilizado pelos demais condutores para passar, e o veículo acabou tombando. Foi possível observar que o desnível entre a pista e essa faixa lateral é de aproximadamente 20 centímetros.

Além do acidente, parte da carga de milho também foi saqueada, sendo que a ação só parou com a chegada da Polícia Militar (PM) e, posteriormente, funcionários da seguradora da carga e do veículo. O motorista lamentou a situação do Anel Viário e disse que não pensou em passar por dentro da cidade, como muitos têm feito, para não ter que arcar com a multa pela infração de trânsito.

Como já noticiado anteriormente pelo A TRIBUNA, a licitação para a obra de restauração do Anel Viário, que estava prevista para acontecer dia 17 de junho, foi remarcada pelo Governo do Estado para o dia 25 de julho. A obra, para recuperar 16 km de pista, está orçada em R$ 7,683 milhões.

 

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here