O Enem existe desde o ano de 1998 e é uma prova criada pelo MEC para verificar o nível de aprendizagem dos estudantes do Ensino Médio – Foto: Arquivo

 

O Ministério da Educação e Cultura (MEC) divulgou, os microdados contendo a classificação das escolas de todo o país no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano de 2018. Em Rondonópolis, mais uma vez, as escolas particulares se destacaram, contudo, assim como no ano passado, o Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT – Campus Rondonópolis) aparece entre os mais bem classificados, sendo o melhor colocado entre as escolas públicas da cidade.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Whatsapp: (66) 99659.7564


 

De acordo os dados divulgados pelo MEC, no geral, incluindo as públicas e privadas, a escola cujos alunos obtiveram os melhores resultados no Enem 2018 na cidade de Rondonópolis foi o Centro Educacional Khalil Zaher, que ficou em 11º lugar no estado e obteve uma média de 618,67 nas provas objetivas e 607,62 na redação. A segunda melhor colocada na cidade na avaliação foi o Centro Integrado de Ensino (CIE), que aparece em 21º lugar no estado e que obteve uma média de 598,53 nas provas objetivas e de 639,52 na redação. O terceiro melhor avaliado na cidade foi Casinha Feliz Centro de Ensino, que aparece em 28º lugar no estado e obteve uma média de 591,87 nas provas objetivas e 719,35 na redação. O quarto melhor resultado em âmbito local veio do IFMT (Campus Rondonópolis), que ficou em 33º lugar no estado com a média de 587,43 nas provas objetivas e 644,25 na redação.

Considerando somente as escolas públicas, o destaque foi o campus local do IFMT, conforme informado acima. Em segundo lugar na cidade apareceu a escola estadual La Salle, que figurou em 71º lugar no estado e obteve uma média de 544,91 nas provas objetivas e 571,39 na redação. O terceiro lugar no município ficou com a escola estadual Ramiro Bernardo da Silva, que figurou em 87º no estado e obteve a média de 534,20 nas provas objetivas e 523 na redação.

O Enem existe desde o ano de 1998 e é uma prova criada pelo MEC para verificar o nível de aprendizagem dos estudantes do Ensino Médio. Até o ano de 2017 o MEC divulgava o ranking das escolas melhores classificadas no Exame, mas como isso gerou uma situação de acirrada concorrência entre as escolas de ensino médio, levando algumas a preparar alunos especificamente para a prova, o MEC resolveu parar de divulgar o ranking geral do país, estados e municípios, mas continua divulgando os dados de forma genérica no portal do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que organiza o Enem.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here