Realizado pela primeira vez no Brasil, o World Chambers Congress reuniu, na cidade do Rio de Janeiro, mais de 1000 lideranças empresariais e autoridades de vários países para o maior fórum global do setor.

Promovido pela International Chamber of Commerce (ICC) – a maior organização de negócios do mundo, representante de mais de 45 milhões de empresas e 1 bilhão de trabalhadores em mais de 100 países – e a ICC World Chambers Federation, em parceria com a Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB) – instituição que defende os interesses do setor de comércio e serviços nacionais, o 11th World Chambers Congress ressalta a importância do associativismo para o desenvolvimento econômico mundial..

Com o tema ‘Criando um futuro compartilhado’, ao longo dos dias 12, 13 e 14 de junho, autoridades nacionais e internacionais estiveram presentes com o intuito de estimular a colaboração entre câmaras, o setor privado e os governos, e a colaboração entre nações para compartilhar as melhores práticas, ideias inovadoras, desenvolver redes e abordar os mais recentes problemas no mundo dos negócios.

O presidente da Acir, Ernando Cabral, acompanhado dos presidentes do Conselho Superior, Sérgio Del Cistia e Juarez Orsolin, e dos diretores Denise Freitas, Marcelo Carruesco, Renato Ricardi, e o gerente administrativo Robson Neves, estiverem presentes representando a Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Rondonópolis – ACIR.

 

Ernando Cabral, presidente da Acir, destacou a relevância do evento para o avanço da economia brasileira. “Um evento como esse, é um marco para o associativismo. É um diálogo direto entre a sociedade econômica, o poder público e as grandes potências econômicas mundiais. A experiência de compartilhar práticas, debater sobre impasses, soluções, conhecer estratégias de diferentes países, é essencial para o avanço da economia não só no Brasil, como no mundo”.

Estiveram presentes autoridades e lideranças como Alan Wolff, diretor da Organização Mundial do Comércio; Luis Alfonso de Alba, da Secretaria Geral das Nações Unidas para a Conferência de Mudanças Climáticas 2019; e Arancha Gonzales, diretora da International Trade Centre, o ex-presidente da Petrobras e CEO Global da BRF, Pedro Parente; e João Kepler Braga, da Bossa Nova Investimentos, dentre outros.

Neste ano, o evento organizou palestras que abordaram temas como ‘O discurso da liderança: Mudando o mundo permanentemente’ palestra que discutiu o incentivo à nova geração de empreendedores. ‘Repensando a educação: Habilidades para a economia global do futuro’ sobre a transformação da aprendizagem como parte das novas tecnologias e os novos modelos de negócios. ‘Potencializando a mobilidade humana para o crescimento econômico e o empreendedorismo’ estratégias para empresas fortalecerem a movimentação de talentos para promover inovação e crescimento.

 

Workshops sobre a revolução do comércio eletrônico para pequenas empresas, internacionalização dos micros e pequenos negócios, o papel das câmaras de comércio no processo de expansão para mercado estrangeiros, novas fronteiras na facilitação do comércio, investimentos na infraestrutura inclusiva em economias emergentes, alternativas financeiras fora das instituições bancárias tradicionais, formas de impulsionar negócios com passaportes para mercadorias e a adaptação das câmaras para a transformação digital. Retomaram a importância do pensamento conjunto para novas oportunidades e novos caminhos, “desenvolver soluções pioneiras para as pessoas e o planeta”, diz John W.H. Denton AO, secretário geral da International Chamber of Commerce.

O congresso ainda apresentou uma área de exposição com 26 stands nacionais e internacionais, onde os expositores se reúnem com representantes de todas as áreas do mundo dos negócios e mostram seus produtos e serviços, criando oportunidades de networking.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here