Frustração: Licitação para recuperar Anel Viário é suspensa

4150
Trecho está intrafegável e precisa passar por recuperação total – Foto: Arquivo

 

O Governo do Estado de Mato Grosso suspendeu a licitação para restauração do Anel Viário, que estava prevista para acontecer na próxima segunda-feira (17). O anúncio foi feito oficialmente ontem (14), mas já havia sido publicado no Diário Oficial do Estado anteontem (13), pela coordenação da Comissão Permanente de Licitação da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), responsável pelo certame.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

Conforme a Comissão, a decisão de suspender o processo licitatório “deve-se à necessidade de ajustes no projeto executivo da obra, bem como revisão de planilhas, detectados pela equipe técnica da Secretaria Adjunta de Obras Rodoviárias. As devidas alterações devem acarretar modificações também no edital e anexos”, diz nota publicada.

O Anel Viário faz a ligação das rodovias federais BRs 163/364 às rodovias estaduais MTs 270 e 130, desviando o tráfego pesado de carretas da área urbana de Rondonópolis.

Sem manutenção devida, a pista hoje se encontra sem condições de trafegabilidade e precisa ser restaurada por completo, especialmente no trecho mais crítico, entre a rotatória do Jardim das Flores e a BR-163/364. Ao todo, a obra de recuperação do Anel Viário deve custar R$ 7 milhões, para recuperação de 16 km de pista.

 

Segundo o Estado, a republicação da licitação, na modalidade de concorrência pública, ocorrerá via Diário Oficial, ainda sem data prevista.

Durante sua visita a Rondonópolis ontem, o governador Mauro Mendes (DEM) defendeu a medida para os ajustes necessários e disse que todos os esforços do governo são para a republicação da licitação o quanto antes, para que a concorrência pública não atrase ainda mais.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here