Tarcísio Gomes, ministro da Infraestrutura – Divulgação

 

O Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, e o Diretor Geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Antônio Leite dos Santos Filho, visitam Rondonópolis nesta sexta-feira (14). Na comitiva, deve estar presente também o Governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), que desde que assumiu o Estado ainda não fez nenhuma visita oficial à cidade.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

Na programação, está a agendada uma visita ao Terminal Ferroviário de Cargas de Rondonópolis, administrado pela empresa Rumo, às 8h30. Após isso, às 10h30, as obras de duplicação da BR-163 que acontecem na Travessia Urbana da cidade, também devem receber a visita da comitiva.

Mauro Mendes também tem presença anunciada

No período da tarde, o grupo segue para o município de Água Boa. Na cidade, haverá uma audiência pública sobre a chamada Ferrovia da Integração (Fico), a partir das 14h, e a inauguração da iluminação pública na BR-158/MT, na travessia urbana da cidade, às 19h.

Na audiência pública, os trechos que compreendem o traçado da Ferrovia de Integração do Centro Oeste – Fico, entre os municípios de Campinorte – GO e Água Boa – MT, serão debatidos. A expectativa é de assinatura do contrato para o início das obras da Fico ainda em 2019, que serão de responsabilidade da empresa VALEC Engenharia, Construções e Ferrovias S/A, da Mineradora Vale.

O Estado de Mato Grosso vai receber R$ 4 bilhões em investimentos na construção de 383 quilômetros da ferrovia. O trecho a ser construído representa a ligação de Mato Grosso à Ferrovia Norte-Sul, alternativa fundamental para escoamento das grandes safras produzidas em Mato Grosso.

Os investimentos são oriundos da mineradora Vale, como contrapartida pelas prorrogações de seus contratos de concessão da ferrovia dos Carajás (Pará e Maranhão) e a ferrovia Vitória-Minas (Minas Gerais e Espírito Santo).

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here