Grupo político começa a debater a sucessão municipal

Neste primeiro encontro, o discurso foi o de buscar um nome de consenso entre o grupo para comandar o município a partir das eleições do ano que vem

857
Lideranças políticas reunidas em Rondonópolis: sucessão municipal na pauta – Roberto Nunes/A TRIBUNA

 

Um grupo de lideranças políticas de Rondonópolis deu início a uma série de reuniões para debater a sucessão municipal da segunda maior economia de Mato Grosso. A primeira delas ocorreu no último sábado (18), na residência do vereador Hélio Pichioni (PSD), na Vila Aurora.

Em resumo, neste primeiro encontro, o discurso foi o de buscar um nome de consenso entre o grupo para comandar o município a partir das eleições do ano que vem. “Queremos ocupar o espaço político que existe na cidade. Temos um grupo de empresários ligado à Acir e queremos chamar esse segmento para discussão, pois precisamos de uma união sem qualquer preconceito político. É preciso compreender que para enfrentar os problemas da cidade é preciso união. Precisamos unificar um nome sem vaidade política”, afirmou o vereador Thiago Muniz (PDT).

“Temos que fortalecer um grupo para não corrermos novamente o risco de uma divisão como ocorreu nas eleições municipais passadas, quando foi eleito o gestor que aí está. Precisamos definir um nome que entre em sintonia com todas as classes sociais sem divisão de quem é rico ou pobre. Precisamos de um prefeito que agregue todas as classes, pois diferente disso todos nós sofreremos”, disse o ex-vereador Ibrahim Zaher (PSD).

“Nós últimos cinco anos, o orçamento do município mais que dobrou e tivemos apenas três prefeitos desde o ano de 1998 – Percival Muniz, Adilton Sachetti e Zé Carlos do Pátio. Se não apresentarmos um projeto novo, iremos frustrar os eleitores de nossa cidade”, pontuou o deputado Thiago Silva (MDB).

“Hoje estamos num momento de diálogo, mas a cidade precisa de uma liderança que compreenda o tamanho dela. Rondonópolis está perdendo o protagonismo de qualidade de vida para cidades da região, como Primavera do Leste e municípios do norte do Estado. Não podemos criar mais desafetos políticos e colocar em pauta o diálogo em busca de elevar o nível da nossa cidade em referência ao que representa na economia de Mato Grosso”, alertou o empresário João Antônio Fagundes, que representou o senador Wellington Fagundes na reunião.

Durante este primeiro encontro, ficou definido que outras reuniões irão acontecer e serão chamados para o diálogo o grupo de empresários da cidade que se organiza para lançar um candidato a prefeito, além de partidos como o PSDB que fala em lançar candidatura própria a prefeito, no caso o vereador Rodrigo da Zaeli.

Participaram do encontro o deputado estadual Nininho (PSD) e seu filho, o empresário Fausto Bortolini, os vereadores Reginaldo Santos, Fábio Cardozo, Roni Magnani, Thiago Muniz, Sílvio Negri, o professor Sidnei, o ex-presidente da Câmara e empresário Ibrahim Zaher, e os economistas João Antônio Fagundes e Vinícius Muniz, filhos, respectivamente, do senador Wellington e do ex-prefeito Percival.

 

2 COMENTÁRIOS

  1. Opa! Que legal! Será que é o mesmo grupo que se reuniu pra espantar a MRV da cidade? Ou será que é o grupo que reveza a cadeira do Prefeito de 4 em 4 anos? Tá de brincadeira? O Nininho é deputado há dois mandatos e o que fez por Rondonópolis? Olha as perimetrais urbanas, olha a duplicação tartaruga, olha os problemas de saneamento e de escoamento de águas pluviais, olha a violência… …e os nossos ilustres vereadores… …estão reunidos fazendo o que??? Alguém já foi lá na Câmara Municipal pra ver o “trabalho” dos nossos representantes? É uma piada de mal gosto aquilo!!! E esse nosso senador verdinho do cabelo lambido então, sem comentários… …tá cada dia mais rico e cada dia se importando menos com o povo! Uma vergonha isso sim!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here