Ações de repressão: Delegacia intensifica combate ao tráfico de drogas

588

Drogas e materiais apreendidos pelos investigadores com os suspeitos – Foto: DERF Rondonópolis

Nas últimas duas semanas, a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF) de Rondonópolis, realizou diversas prisões em flagrante de pessoas envolvidas com o tráfico de drogas na cidade. O combate ao tráfico doméstico foi intensificado pela DERF, já que é a partir do consumo e vendas de entorpecentes que boa parte dos crimes contra o patrimônio e contra a vida são desencadeados.

Durante o dia de ontem (18), foram duas prisões realizadas e uma grande quantidade de drogas apreendidas. No período da manhã, Gilvan Alves Barreto, de 29 anos e conhecido como “Zóio”, foi detido acusado de estar com 18 tabletes de substância análoga a maconha, balança de precisão, trouxas com ácido bórico e cocaína e diversos sacos plásticos, utilizados para embalar as chamadas petecas.

Segundo a investigação, Gilvan é suspeito de ter montado uma boca de fumo na região do Grande Conquista. No momento da prisão, ele estava em companhia de uma menor de idade, de 17 anos. Os investigadores estavam monitorando o homem, que tem várias passagens pela polícia e havia saído recentemente da Penitenciária Major Eldo de Sá Corrêa, a Mata Grande. O suspeito tem passagens por crimes como roubo, receptação, corrupção e também tráfico de drogas.

Gilvan Alves Barreto e Igor Gustavo Pereira dos Anjos foram detidos ontem (18) – Fotos: DERF Rondonópolis

Já no período da tarde, Igor Gustavo Pereira dos Anjos, de 19 anos, foi preso no Jardim Ipanema com 500 gramas de pasta base de cocaína. Com ele, os policiais também localizaram balança de precisão, caderno com anotações da comercialização das drogas e mais de R$ 1,6 mil em dinheiro, a maioria em notas miúdas, o que caracteriza o tráfico.

Ainda na DERF, há vários materiais, como televisores e celulares, apreendidos em pontos de vendas de drogas ou com suspeitos detidos. Os investigadores pedem que aquelas pessoas que foram roubadas ou furtadas recentemente procurem a unidade com a nota fiscal do produto em mãos, para verificar se algum dos seus bens foram recuperados.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here