Infraestrutura: Deputado reivindica soluções para problemas em obras

0
Sebastião Rezende cobrou alguns ajustes imprescindíveis nas obras sobre o Córrego do Canivete – Foto: Arquivo

Em reunião com o secretário Marcelo de Oliveira, da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística, em Cuiabá, o deputado estadual Sebastião Rezende (PSC) fez reivindicações voltadas para obras de infraestrutura localizadas em Rondonópolis.

Sebastião Rezende reivindicou alguns ajustes imprescindíveis nas obras sobre o Córrego do Canivete pelo Governo do Estado. Próximo à Avenida Bandeirantes, será necessário o alargamento do canal para evitar transbordamento quando de muita chuva. A empresa responsável pela construção, segundo ele, já concluiu cerca de 90% das obras.

“Consegui com o governo a construção de quatro pontes ao longo do Córrego do Canivete. A canalização beneficia cerca 40 bairros de Rondonópolis. Nesse córrego já foram feitos 2,7 quilômetros de canalização e mais a drenagem, que é importante para drenar e escoar as águas das chuvas”, explicou Rezende.

Segundo ele, todas as vezes que caem chuvas fortes, a região próxima Avenida Bandeirantes fica alagada. No local, “está faltando fazer um estrangulamento na canalização e construir mais um bueiro para escoar as águas das chuvas. A vazão é muito pequena e por isso transborda. Esse trabalho foi feito há sete anos e na época era para ser construído três bueiros, mas fizeram apenas dois. É preciso que esse serviço seja feito para que a população não sofra com o excesso de águas na avenida durante os temporais de chuva e chegar até ao Córrego Arareau”, disse o parlamentar.

De acordo com Rezende, a obra está licitada e o secretário deve chamar a empresa e ver o que precisa ser colocado de aditivo e, com isso, negociar à complementação da obra. Mas, segundo Oliveira, “pode ser que a construção de mais um bueiro resolva o problema de vazão às águas das chuvas. Mas o problema hoje é em relação ao orçamento para execução das obras, porque o orçamento estadual deve ser aberto agora em fevereiro e a arrecadação do Fethab somente em março”, explicou Marcelo Oliveira.

Outra obra lembrada pelo deputado ao secretário Marcelo Oliveira foi da duplicação do prolongamento da Rua Rio Branco. De acordo com Rezende, é um serviço que demanda recursos do Governo Federal. De acordo com Rezende, o serviço de duplicação foi feito, mas sem qualidade. Por isso, representantes da Secretaria de Infraestrutura estiveram no local e detectaram baixa qualidade da obra.

“O posicionamento do secretário é de que o Estado não vai receber as obras que não tenham qualidade. O próprio Ministério Público Estadual já entrou com uma ação contra a empresa junto ao Judiciário, exigindo que ela refaça os serviços. A empresa deve fazer ainda uma pista de caminhada e uma ciclovia”, disse o deputado.

Em relação às obras de baixo nível de qualidade reclamadas pelo deputado, Oliveira disse que esse tipo de serviço será tratado com rigor pela atual administração. Segundo ele, “o governo já abriu inquérito civil e criminal para apurar as responsabilidades da péssima qualidade das obras. Eles terão restaurar essas obras”, explicou o secretário.

E tem ainda o acesso da Avenida W 11 até a BR 364, com a ponte de concreto sobre o Rio Vermelho que está sendo executada pelo Governo do Estado. O deputado Sebastião Rezende questionou o Secretaria, se há projeto aprovado inclusive com licença ambiental deste acesso, o que a Pasta ficou de verificar.

Oliveira disse para Rezende que, se for necessário, o governo fará parceria com os municípios mato-grossenses para terminar as obras inacabadas. “O Estado, em 2019, vai passar financeiramente por momentos difíceis. O deficit financeiro é de quase R$ 2 bilhões”, lembrou Oliveira.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here